Mãe faz sucesso nas redes após obrigar filho pedir desculpas para menina que ele fez bullying

A mulher falou para o filho ir pessoalmente na casa da colega de escola pedir perdão para toda família pela atitude dele

Resumo da Notícia

  • Uma mãe viralizou nas redes sociais após obrigar o filho pedir desculpas pelo bullying
  • Ele mandou mensagens rudes para uma colega da sala
  • A mulher obrigou ele ir pessoalmente pedir desculpas

Uma mãe, após ver o filho de 12 anos mandando mensagens rudes para uma menina da escola, resolveu dar uma lição no menino, fazendo ele ir até a casa da garota e se desculpar por tudo o que disse pessoalmente para toda família dela.

-Publicidade-

Samm Jane, de 32 anos, contou a história para o site “Metro.co.uk” o início da história. Segundo ela, os professores da escola que o filho estuda, no condado de Warwickshire, na Inglaterra, ligaram para ela alertando sobre algumas mensagens que o menino mandou para uma colega de sala.

No momento que o adolescente chegou em casa, Samm pediu para ver o celular do filho e se deparou com diversas mensagens rudes feitas por ele, chamando a garota de “gorda”, “feia” e de “vadia”.

A mulher ficou chocada com os dizeres do filho, que em um trecho ele escreveu: “Eu não quero ver sua cara feia na escola. Seu rosto feio e seu corpo gordo me ofendem”. A menina respondeu os comentários pedindo para ele parar de ser rude, mas o garoto continuou: “Você é nojenta”.

A mãe ficou furiosa após ver a conversa completa: “Eu disse ao meu filho: ‘Ela vai se olhar no espelho agora e se sentir tão insegura’. Eu não podia deixar para lá”, disse ela.

Mãe flagra filho fazendo bullying com amiga
Mãe flagra filho fazendo bullying com amiga (Foto: Reprodução/Redes Sociais)

Para pedir desculpas para a menina, a mãe fez com que o adolescente usasse o dinheiro da própria mesada para comprar flores e chocolates e ir pessoalmente na casa da colega de sala que ele fez bullying virtual, para pedir perdão.

Samm compartilhou toda a história no TikTok no dia seguinte que recebeu a ligação da escola, no dia 8 de junho. Ela explicou que queria compartilhar a situação pra que “outras pessoas pudessem ver e pensar: ‘Eu não quero que meu filho seja assim”, disse a mãe.

“Sou mãe solteira, e criar um menino para ser homem é bastante difícil”, continuou a mulher. “Eu expliquei como as pessoas se matam ou se automutilam por causa do que as pessoas dizem”, acrescentou a mãe do adolescente.

O vídeo já está com mais de um milhão de visualizações na rede e ela ainda finalizou com um recado: “Temos que criar a próxima geração. Seria muito mais fácil se os pais ensinassem seus meninos e meninas a pedir desculpas e fazer as pazes”.