Mãe fica brava ao saber que escola impediu alunos de usarem banheiro durante horário de aula

A mãe de uma aluna de 16 anos se posicionou contra a escola que sua filha estuda, após a instituição limitar o acesso aos banheiros da escola. O tema causou grande comoção entre os pais

Resumo da Notícia

  • A mãe de uma aluna de 16 anos ficou brava ao saber o que aconteceu na escola de sua filha
  • Ela descobriu que a instituição limitava o acesso aos banheiros. Para evitar vandalismos dentro do espaço

Segundo o portal jornalístico Liverpool Echo, uma mãe ficou irritada aos saber que a escola que sua filha de 16 anos estuda, impediu os alunos de entrarem no banheiro durante determinado horário do dia. A Nicola Walsh, afirmou que a Deyes High School, localizada em Maghull, na Inglaterra – restringiu o acesso dos estudantes aos banheiros fora dos intervalos escolares. Em relato, ela acrescentou que a ação foi tomada após determinados alunos vandalizarem o colégio.

-Publicidade-

Nicola comparou a regra imposta com o sistema prisional. “Quando minha filha me contou o que estava acontecendo, eu disse a ela que não havia problema em voltar para casa e ela não voltaria até que pudesse acessá-los quando necessário”, disse ao Liverpool Echo.

Em complemento, ela falou: “Eles estão permitindo que sejam usados ​​apenas nos intervalos, e apenas duas crianças podem acessá-los por vez (…) Se eles querem ir ao banheiro na hora da aula, eles precisam ir à secretaria da escola para pegar uma chave. “É um direito humano básico ir ao banheiro. As pessoas na prisão podem ir ao banheiro quando quiserem”.

Escola proíbe alunos de entrarem nos banheiros
Escola proíbe alunos de entrarem nos banheiros (Foto: Reprodução / Andrew Teebay/Liverpool Echo)

Após a grande repercussão, a diretora da escola, Victoria Beaney, escreveu um e-mail aos pais explicando sobre a situação. “Temos recebido um grande número de telefonemas sobre os banheiros da escola e nossa decisão de fechá-los no horário das aulas (…) Ouvimos e respeitamos o feedback dos pais e, a seu pedido, substituímos as portas externas de todos os banheiros dos alunos em toda a escola. É claro que incentivamos, como sempre fizemos, os alunos a não deixarem as aulas e interromperem seu aprendizado, mas se isso for necessário e eles tiverem um passe para o banheiro, serão autorizados a sair da aula brevemente pelo professor. As chaves dos banheiros podem ser retiradas e devolvidas na recepção”, esclareceu.

Em finalização, falou: “Podemos então garantir que os alunos sejam respeitosos em seu comportamento, que os banheiros sejam higiênicos e a supervisão da equipe garanta que todos os alunos se sintam seguros e confiantes. Espero que isso esclareça qualquer confusão sobre o assunto”.

Ainda de acordo com o jornal, a Deyes High School é uma das escolas da Inglaterra que supostamente adoram ao sistema de restrição do acessos aos banheiros.