Mãe fica “em choque” após descobrir que pai do seu filho pretende se mudar com o bebê

A mulher acabou recorrendo ao portal Reddit, onde contou desde o início da história com o homem e finalizou dizendo que não aprova a mudança para outro estado

Resumo da Notícia

  • A mulher pediu ajuda no portal Reddit, em que contou sobre o caso
  • Acontece que ela e o pai do filho dela não são um casal
  • E que ela não aprova a mudança para outro estado

Uma mulher de 20 anos está envolvida em uma situação complicada, relacionada ao pai do filho dela e ao próprio bebê, de apenas 2 meses. Ela não sabia mais o que fazer, então decidiu contar o que está acontecendo no portal britânico Reddit.

-Publicidade-

Conforme informações dadas por ela, o homem decidiu que vai mudar de cidade e que quer levar o filho com ele. No momento que o homem disse isso, a mulher entrou em desespero e pediu ajuda no fórum.

Ela inicia falando que nunca teve um relacionamento sério com o pai do filho dela, e sim, tiveram um relacionamento ‘raso’, onde o fruto dessa relação, foi o filho deles. Porém, eles não tinham planos para morar juntos.

“Nós dois moramos na mesma região da Flórida. Vivemos aqui toda a nossa vida, mas quando nosso filho nasceu ele simplesmente decidiu que iria se mudar para a Geórgia com o bebê e disse que nos mudaríamos no final do mês”, iniciou ela.

Cadeirinha para carro e Bebê conforto em promoção na Semana Black Friday da Amazon
Eles na verdade, tiveram um relacionamento ‘raso’ e o fruto foi o bebê (Foto: Getty Images)

Porém, ela perguntou o porque da mudança para o homem, e ele disse que ela não tinha opção. “Ele se recusou a ficar e começou a dizer que se eu não for, estarei fazendo algo ruim pelo nosso filho”.

Ela tentou várias vezes com que ele não se mudasse, porém, ele começou a culpar a mulher por fazer isso. “Ele disse que o que estou fazendo não é algo bom para o bebê e que eu deveria me mudar com eles. Nunca estivemos juntos, acabamos saindo uma vez e eu engravidei. Eu nasci aqui, minha vida e minha família estão nessa cidade”.

Por fim, ela disse que quando discordou dele, ele tentou convencer ela que estava errada e que queria levar o filho com ele por dois meses e depois trazia para a mãe. “Quando discordei ele tentou me convencer do contrário. ‘Ele não é um cachorro, ele vai ficar bem e não vai te esquecer’, foi o que ele disse”. Agora, ela está com medo de que o pai do filho dela pode fazer.

Os usuários do Reddit tentaram acalmar ela. O caso chegou até uma advogada da Flórida, que falou: “Se um cliente me trouxesse um caso como esse, eu provavelmente não aconselharia deixar o pai sair do estado com a criança até que um plano parental seja estabelecido em juízo. Te aconselho a procurar apoio jurídico o quanto antes”.