Mãe, filho e avó não resistem após Covid-19 em intervalo de apenas 21 dias

Eliandra, Eldora e Leonardo Budske de 13 anos faleceram por conta das complicações da doença, em Curitiba

Mãe, filho e avó não resistem após Covid-19 em intervalo de 21 dias, em Curitiba. A primeira a perder a vida por conta do vírus foi Eliandra Busato, de 37 anos, seguida de sua mãe Eldora Budske e, nesta quarta-feira, 17 de março, seu filho Leonardo Budske Busato, de 13 anos.

-Publicidade-

Segundo a família, a auxiliar administrativa Eliandra foi internada no final de fevereiro e faleceu no mesmo dia. Sua mãe, que estava aposentada, também não resistiu e faleceu no dia 6 de março. Leornado deu entrada no hospital no início de março, ficou intubado na UTI na última semana e veio a falecer na quarta-feira, 17 de março. A família morava em Piraquara, na região metropolitana de Curitiba.

Eliandra, de 37 anos, era auxiliar administrativa (Foto: Reprodução / Facebook Rúbia Budske)

A família lamenta as perdas seguidas e a impossibilidade de dizer adeus aos entes queridos: “Estamos todos arrasados porque foram perdas seguidas, por uma doença que não nos dar a oportunidade de consolar os familiares pessoalmente, e sem a chance de nos despedirmos em um enterro. Estamos muito abalados e buscando forças”, disse a cabeleireira Rúbia Budske, de 43 anos, que era prima de Eliandra e sobrinha de Eldora, de acordo com a UOL. Segundo a familiar, eles eram muito unidos, gostavam de celebrar todas as datas importantes juntos, eram bastante amorosos e sempre iam à missa.

Desconfia-se que o contágio tenha sido durante as férias da família em Santa Catarina, mas não há confirmação. Os familiares comentaram que Eliandra sofria de diabetes e hipertensão, além de que todos estavam acima do peso. O marido de Eliandra e pai de Leonardo também foi contaminado e chegou a ser internado com Covid-19, mas resistiu e se encontra muito abalado com as perdas.

Eliandra e sua mãe Eldora, vítimas da Covid-19 (Foto: Reprodução / Facebook Marilza Duarte Viante)