Mãe gera polêmica ao desabafar que não dará presente de Natal aos filhos

Em um relato publicado no Mumsnet, uma mulher anonimamente contou que não quer mais “enlouquecer” no feriado – e, por isso, tomou a decisão

Resumo da Notícia

  • Uma mãe contou que, neste ano, não dará presentes de Natal para os filhos
  • A mulher afirmou que não aguenta mais "enlouquecer" no feriado em família
  • Ela desabafou em um relato anônimo publicado no portal britânico MumsNet

Uma mulher contou que não dará presentes de Natal para os filhos neste ano. Em um relato anônimo publicado no portal britânico MumsNet, a mãe admitiu que não aguenta mais “enlouquecer” nos feriados em família – principalmente por causa da ingratidão das crianças.

-Publicidade-

“Normalmente enlouquecemos e compramos um monte de presentes de Natal para as crianças. Eles sempre têm tudo o que querem e muito mais – admito que são mimados!”, começou ela, no relato. “Este ano, todos eles têm seus presentes principais e, em seguida, meu marido e eu concordamos em comprar alguns presentes menores. Vamos tentar manter um orçamento de £ 150 para cada criança para os outras coisas após o presente principal”.

A autora ainda contou que, em relação a outros anos, este é um período com um orçamento menor. Desta maneira, os presentes virão um pouco diferentes agora – e, segundo ela, as crianças não entendem esta mudança. “Obviamente as pessoas sabem como tudo é caro, então não terão uma pilha como o normal. Sinto que estou sendo uma mãe ruim porque podíamos gastar mais”, admitiu ainda.

Mesmo assim, aproveitou o espaço para relembrar o que os filhos têm feito com presentes dos anos anteriores. “Estou farta de vê-los jogar coisas em um armário e nunca mais ver a luz do dia. Nós simplesmente desperdiçamos dinheiro porque é Natal e achamos que devemos!”.

A mãe está cansada da ingratidão dos filhos
A mãe está cansada da ingratidão dos filhos (Foto: GettyImages)

Os internautas dividiram opiniões nos comentários – mas se indignaram com o comportamento das crianças. “O que eu faria nesta situação talvez fosse prepará-los para menos. Eu ficaria da mesma forma preocupada que eles ficassem desapontados, então você precisa vir com o motivo adequado ou inventado. Se eles souberem esperar menos do que o normal, duvido que fiquem desapontados”, aconselhou uma pessoa.

Outra ainda desabafou, “Mas não, é razoável reduzir o que você compra para que não esteja comprando apenas por comprar”. E uma mãe se identificou, “Estou no mesmo barco. Meus meninos são sempre muito gratos, mas, na verdade, eles têm mais do que podem precisar, e estou entediado com a coisa toda”.