Mãe gera revolta ao contar que marido não quis cuidar do filho com covid-19

Por meio de um relato anônimo publicado no Mumsnet, portal britânico sobre maternidade, a mulher mandou a real sobre a crise que está vivendo com a família

Resumo da Notícia

  • Uma mãe gerou revolta entre os internautas ao contar desavença que está vivendo com a família
  • Isso porque, por lá, ela admitiu que o marido se recusou a cuidar do filho infectado com covid-19
  • O relato foi publicado anonimamente no portal britânico sobre maternidade "MumsNet"

Uma mãe gerou revolta entre os internautas ao contar situação que está vivendo com a família. Isso porque, por lá, ela admitiu que o marido se recusou a cuidar do filho infectado com covid-19 e que, por causa disso, os dois estão vivendo brigas constantes. O relato foi publicado anonimamente no portal britânico sobre maternidade ‘MumsNet’.

-Publicidade-

“Tanto eu quanto o meu marido trabalhamos, ele em tempo integral e eu meio período. Sou professora, por isso não tenho acesso a dias de férias. A minha mãe, que normalmente cuida de crianças para nós, também testou positivo para covid”, contextualizou a mãe. Segundo ela, o filho deveria ficar 10 dias em isolamento dentro de casa e, por causa disso, ela e o marido precisariam se virar para encaixar a rotina nos cuidados com a criança.

Percebendo a falta de opções do casal, a mãe conta que chegou a pedir que o homem tirasse alguns dias de folga – e, sem querer, começou o que seriam muitos dias de confusão. “Meu marido gritou, me chamou de todos os nomes possíveis como se a culpa fosse minha. Ele está sendo totalmente infantil e egoísta”.

A mãe desabafou
A mãe desabafou (Foto: Getty Images)

A mulher ainda destacou que toma conta de todas as outras tarefas dentro de casa mas que, mesmo assim, o marido acredita que tem menos tempo que ela por trabalhar em período integral – e desconsidera a dupla jornada da mãe. “Assumi tudo como se eu não tivesse um trabalho fora de casa. Não consigo entender o lado dele”.

Nos comentários, a grande maioria dos internautas apoiou o lado da mãe, e mandou a real sobre a atitude do homem. “Seu marido não apoiar seu filho doente é terrível. Ele gritando e insultando você é ainda pior. Por que você está se relacionando com ele?”, refletiu uma pessoa. “Ele não acredita que tenha qualquer responsabilidade de ser um pai para seu filho e está indignado com sua sugestão de que ele deveria cuidar de seu próprio filho?”, escreveu outro usuário, indignado.