Mãe impede avó de visitar filhos após questionar paternidade

Uma mulher compartilhou em um fórum anônimo de mães que sua sogra acredita que os filhos não sejam legítimos do pai

Resumo da Notícia

  • Uma mãe impediu a sogra de visitar os netos após questionar a paternidade das crianças;
  • A avó das crianças pensa que a esposa trai o marido porque os filhos não se parecem com o pai;
  • A mãe é branca e o pai é latino.

Uma mãe desabafou em um fórum anônimo de mães chamado Reddit uma situação delicada que vive com a família do marido: A avó de seus filhos acredita que ela esteja traindo o marido, pois nenhum dos filhos tem a aparência do pai. A mulher é de origem europeia e o marido é latino.

-Publicidade-

“Sou casada há 8 anos. A família do meu marido é muito antiquada, eles acreditam que a mulher deve apenas cuidar dos filhos e do lar, e também ser uma ‘escrava’ do homem da casa. Mas, meu marido não é assim”, começa a mãe. Ela explica que o pai das crianças fica em casa e a esposa é quem trabalha o dia todo.

A mulher diz que a questão racial nunca foi um problema para o casal, mas a família dele nunca lidou bem com a diferença. “Minha sogra sempre comentou como nossos filhos tratam o pai com diferença e chegou a mencionar algumas vezes que eu traí meu marido porque nossos filhos se parecem mais comigo (tom de cabelo, cor dos cabelos e olhos)”, conta.

A avó acredita que os filhos não sejam legítimos do filho
A avó acredita que os filhos não sejam legítimos do filho por não terem fisionomia latina (Foto: Getty Images)

A mãe, que teve o quarto filho recentemente, disse que o caçula puxou mais traços físicos do pai. E, até então, o casal não havia apresentado o novo membro da família para ninguém, por causa do Covid-19. “A primeira coisa que minha sogra disse, ao ver meu recém-nascido, foi: ‘Oh, meu primeiro neto de verdade’. A afirmação foi motivo de discussão, e meu marido pediu que ela não dissesse aquilo novamente”, relatou.

A avó continuou sendo rude com a parceira do filho o restante do dia. Até que o marido ficou extremamente irritado e disse à mãe para parar de agir como se o bebê fosse seu único neto ou então a família iria embora.

“Ela então disse: ‘Aquelas crianças brancas não são meus netos e eu duvido que sejam seus, Deus sabe que sua esposa provavelmente está te traindo enquanto trabalha. Você deveria conseguir um emprego e fazê-la ficar em casa’”.

“Eu frisei a ela que, se ela realmente pensasse assim, ela não faria parte da vida das crianças. Levei as crianças para o carro e fui para casa sozinha. Meu marido diz que eu fui irresponsável por ter dito o que disse e que ela precisa de um tempo para se acalmar. A família toda acha que estou sendo uma ‘idiota’”, exclama.