Mãe morre de Covid-19 após festa em família e filha faz apelo: “Evitem ir a grandes reuniões”

Joginder Kaur tinha 67 anos e compareceu em um casamento com cerca de 50 convidados em setembro

Resumo da Notícia

  • “Só quero dizer às pessoas para não irem a grandes reuniões", apela a britânica que perdeu a mãe para a Covid-19
  • A idosa compareceu em um casamento para mais de 50 convidados
  • Dalvinder Kaur Kelly falou em entrevista ao The Mirror que a parente "se sentiu pressionada a ir" ao evento e foi hospitalizada 10 dias depois

“Só quero dizer às pessoas para não irem a grandes reuniões”, apela a britânica que perdeu a mãe para a Covid-19 após a idosa comparecer em um casamento para mais de 50 convidados. Dalvinder Kaur Kelly falou em entrevista ao The Mirror que a parente “se sentiu pressionada a ir” ao evento e foi hospitalizada 10 dias depois.

-Publicidade-
A idosa de 67 anos não resistiu (Foto: Reprodução / The Mirror)

Joginder Kaur tinha 67 anos e tinha sido convidada por parentes para comparecer na festa que aconteceu no dia 19 de setembro, quando o Reino Unido ainda proibia aglomerações com mais de 30 pessoas.

A idosa de 67 anos não resistiu (Foto: Reprodução / The Mirror)

“Minha mãe ainda deveria estar aqui, mas ela se sentiu pressionada a ir. Se você está preocupado, não fique quieto – fale. É tão sem sentido. Minha mãe passou do casamento para ser internada no hospital em menos de 10 dias. Algumas semanas depois, estávamos organizando seu funeral. A covid está destruindo vidas. Gostaria que as pessoas pensassem sobre o que estão fazendo”, disse a filha.

A idosa foi internada no dia 24 do mesmo mês no hospital Queen Elizabeth, em Birmingham. Seis dias depois, Joginder veio a óbito. “Só quero dizer às pessoas para não irem a grandes reuniões”, ressaltou. “Em seus últimos dias, minha mãe foi cuidada por médicos e equipes de enfermagem incríveis”, completou ela.