Mãe mostra reação da filha ao ser chamada de “gorda” por colega e viraliza na internet

Mel Watts compartilhou nas redes sociais a carta que Ivie, de 8 anos, escreveu para responder o bullying

Resumo da Notícia

  • Mel Watts é uma mãe australiana que compartilha sua rotina nas redes sociais ao lado das filhas Ayden, Ivie, Indie e Sonny
  • A mulher contou para os seguidores uma situação difícil que passou com a mais velha
  • Mel explicou que a menina tinha sido chamada de “gorda” na escola e respondeu de maneira surpreendente

Mel Watts é uma mãe australiana que compartilha sua rotina nas redes sociais ao lado das filhas Ayden, Ivie, Indie e Sonny. Recentemente, a mulher contou para os seguidores uma situação difícil que passou com a mais velha. Durante uma conversa com o The Sun, Mel explicou que a menina tinha sido chamada de “gorda” na escola e respondeu de maneira surpreendente.

-Publicidade-
A mãe compartilhou a reação da filha com o bullying (Foto: Reprodução / Instagram)

A mãe conta que Ivie escreveu uma carta para a colega falando sobre como “amava seu corpo do jeito que ele é”. “Eu amo quem eu sou e nunca vou mudar, não importa o que as outras pessoas pensem de mim. Sei que minha mãe, meu pai e minha família me amam.Eu sou bonita e não me importo com o quão pesado estou, então, por favor, pare. Eu não gosto disso”, desabafou a criança.

A mãe compartilhou a reação da filha com o bullying (Foto: Reprodução / Instagram)

Mas se engana quem pensa que a menina não ficou chateada: com 8 anos, ela foi se pesar escondida e disse para Mel que estava magoada com a situação. Só depois de muita conversa foi que Ivie resolveu a desavença da melhor maneira possível. “O que a colega disse não foi feito de uma forma desagradável, acho que foi mais uma conversa, mas a palavra acabou ficando com ela.Isso a fez se sentir desconfortável, subir na balança em casa e questionar sua forma corporal”, desabafou a mãe.

A mãe compartilhou a reação da filha com o bullying (Foto: Reprodução / Instagram)

Como conta Mel, a história teve um final feliz e as duas crianças acabaram se desculpando e voltaram a ser amigas. O que ficou da história, segundo a mãe, foi a importância do diálogo e o orgulho que sentiu da filha. “Sempre ensinei minhas filhas a amar seus corpos. Eu digo a eles que eles precisam respeitar isso e estou muito orgulhosa de Ivie ter se defendido dessa maneira.Ela ainda está aprendendo a escrever e estou muito orgulhoso do quão longe ela chegou este ano”, finalizou.