Mãe não consegue esperar e dá à luz no chão do banheiro em frente a maternidade

Ela não tinha sentido nenhum sinal de contração até que, na noite anterior, percebeu que elas estavam chegando ao acordar para ajudar a irmã mais velha. O bebê nasceu exatamente 13 minutos depois que ela saiu de casa

Resumo da Notícia

  • Mãe dá à luz em banheiro de hospital
  • Ela não conseguiu chegar na maternidade a tempo
  • Veja história completa

Laura Stibbards estava a caminho do hospital no dia planejado para a cesariana quando a bolsa estourou no carro. Apesar de aumentar a velocidade, o bebê não pode esperar e a mãe não conseguiu chegar na maternidade a tempo e acabou dando à luz em um banheiro para pessoas com deficiência na porta do hospital.

-Publicidade-
Mãe dá à luz em banheiro (Foto: reprodução Mirror)

Tudo aconteceu tão rapidamente que, exatamente 13 minutos após sair de casa, Laura já estava com o bebê nas mãos. O marido, Simon, cortou o cordão umbilical depois do nascimento, enquanto a nova mãe estava sentada em uma lixeira.”Eu estava quatro dias atrasada para o nascimento esperado e decidi agendar uma cesárea para aquele dia. Não havia nenhum sinal de trabalho de parto até que minha filha mais velha acordou chorando à 1h30 do mesmo dia”, explicou a mãe, em entrevista ao Mirror.

Após levantar para ajudar a filha mais velha, Laura sentiu as contrações. “Eu percebi o que poderia ser uma contração, depois de mais alguns minutos, desci e deixei meu marido dormindo, pois achei que não havia sentido em nós dois não dormirmos”, relembrou. A mãe passou algumas horas fazendo alguns exercícios indicados com uma bola de ginástica antes de acordar o marido e desfrutar uma xícara de chá e um sanduíche de bacon. Foi aí que ela decidiu ligar para o hospital. Os profissionais, então, pediram que ela fosse até o local para ser avaliada.

-Publicidade-

“Saímos de casa por volta das 6h40 para o hospital, foi quando percebi que as contrações estavam muito mais fortes e senti o bebê empurrando para baixo. No meio do caminho para o hospital, minha bolsa estourou e eu realmente me desculpei com meu marido porque havia molhado o carro – não que ele estivesse preocupado! O carro parou no caminho, o que era um pouco preocupante no momento, mas chegamos ao estacionamento do hospital”, contou.

Ela e a bebê estão bem (Foto: reprodução Mirror)

Mas Laura mal conseguia andar e, enquanto lutava para chegar à porta do hospital, duas parteiras que estavam prestes a começar seus turnos passaram por ela e se ofereceram para encontrar uma cadeira de rodas e levá-la para a enfermaria. Laura, no entanto, percebeu que o bebê estava chegando e, sem tempo para subir para a maternidade, as profissionais a levaram para o cômodo mais próximo.  “Eles me ajudaram a despir minha metade inferior e, quando as calças baixaram, o bebê apareceu e eles a pegaram com segurança, limparam-na e envolveram-na em uma toalha”. A mãe e a bebê passam bem

O 9º Seminário Internacional Pais&Filhos – A Tal da Felicidade está aí! Ele vai acontecer no dia 19 de agosto, completamente online e grátis. Serão oito horas de transmissão ao vivo e você pode acompanhar tudo neste link aqui. Esperamos por você!