Mãe perde a visão por doença misteriosa após o parto: “Meu rosto nunca mais voltará ao normal”

Em Nueva Ecija, nas Filipinas, Mary Ann Regacho, sofreu um grave inchaço facial depois de simplesmente espremer uma espinha no nariz no ano passado – antes do inchaço se espalhar para os olhos e fazer com que ela perdesse a visão

Resumo da Notícia

  • Uma mãe teve tem reação após mexer em espinha que pensava ter sido causada por hormônios da gravidez
  • Mary Ann Regacho, de 17 anos, notou uma espinha no nariz o que causou um grave inchaço facial
  • O inchaço se espalhou pelo rosto e a ela perdeu a visão

Em Nueva Ecija, nas Filipinas, Mary Ann Regacho, de 17 anos, notou uma espinha no nariz que causou um grave inchaço facial, mas o que ela achava que poderia ser apenas os hormônios do pós-parto, fez com que ela perdesse a visão, devido o inchaço no rosto. O caso ocorreu no ano passado.

-Publicidade-
Mary achou que poderia ser apenas uma espinha inofensiva (Foto: Reprodução / The Sun)

Mary pensou que o possível tumor era uma espinha simples causada por hormônios depois que ela deu à luz um menino aos 16 anos. Mas, quando espremeu a espinha, a jovem disse o local começou a ficar dolorido e dias depois, começou a inchar mais e se espalhar por todo o rosto. Mary disse que ‘foi inchando como um balão’.

Agora, o tumor quase desenvolveu no rosto e Mary começou a ficar com cegueira conforme o forte inchaço crescia na região dos olhos. “Achei que fosse só uma espinha comum, mas doía tanto que não conseguia dormir à noite. Tentei de tudo para curar, mas nada funcionou. Agora, sinto que meu rosto nunca mais será o mesmo”, lamentou segundo o The Sun.

Busca por tratamento

Mary foi ao hospital para fazer um exame mas a família não tem condições de pagar (Foto: Reprodução / The Sun)

Após um ano de sofrimento, Mary foi ao hospital para fazer um exame, mas o marido, Albert Sales, que trabalha na fazenda de um vizinho sem uma renda estável, não teve condições de pagar um tratamento ou mesmo remédios para ajudar a esposa.

Então, Mary foi transferida para um hospital maior, onde a família foi novamente não teve condições de pagar as contas médicas. Agora, o marido preocupado, busca ajuda nas redes sociais para continuar o tratamento da esposa. “Quero pedir doações a pessoas gentis para que possamos finalmente enviar minha esposa a um hospital. Nós só ganhamos o suficiente para nós e nosso bebê de um ano de idade, então não posso pagar suas contas médicas”, finalizou.