Mãe precisa decidir entre pagar as contas ou tratamento de câncer do filho após corte de benefício

Suzie Mead mora no Reino Unido e recebia um auxílio do governo para ajudar nas despesas porém após a notícia que iriam cortar os valores do benefício ela ficou desestabilizada

Resumo da Notícia

  • Suzie descobriu que o filho estava com câncer nos testículos
  • A mãe recebia um auxílio do governo para ajudar nas despesas
  • O primeiro ministro do Reino Unido anunciou que irá fazer um corte no benefício
  • Esse corte prejudicará muitas famílias

Suzie Mead, 36, mora em South Wales, na Inglaterra, com o filho Leuan Tennyson que recentemente descobriu que estava com um tumor nos testículos. A mãe recebe um auxílio do governo chamado ‘Crédito Universal’, que ajuda pessoas com baixa renda ou que não trabalham.

-Publicidade-

Recentemente o primeiro ministro do Reino Unido Boris Johnson anunciou que irá fazer um corte de £20, para cortar gastos. Esse aumento só ocorreu por conta da pandemia onde a economia estava passando por uma crise e muitas pessoas ficaram desempregadas.

A mãe se revoltou com essa decisão pois essa parcela do benefício é o que faz com que ela compre comida, e possa cuidar da saúde do filho, porém agora ela terá que escolher entre pagar as contas ou as despesas médicas do filho.

Dia das Crianças

O Dia das Crianças está chegando e se você ainda não encontrou o presente perfeito para o seu filho, a Pais&Filhos fez uma seleção especial de produtos no site da Amazon para você se inspirar, tem opções para todos os gostos e bolsos também. Dá uma olhada AQUI e arrase na escolha!

A mãe disse que precisa ir em um banco de alimentos para pegar doações (Foto: reprodução/Mirror)

A mãe trabalha 6 horas por dia, por conta da depressão e ansiedade ela não consegue trabalhar por mais horas, Suzie rebateu o argumento do primeiro ministro dizendo que sempre há outra alternativa.

“Veja o dinheiro investido na gestão do governo. As despesas dos políticos, ele vive em sua própria bolha e duvido que saiba quanto custa um pão. É fácil tirar dinheiro das pessoas que não o têm para justificar as pessoas que o têm. Não é um governo para o povo, é um governo para os ricos…

“Não tenho alternativa a não ser lutar e decidir quais contas estão sendo pagas.”. Ela disse que os conservadores precisam de uma ‘verificação da realidade’ e condenou o plano de tirar dinheiro das pessoas que já estão lutando.

Quando Suzie descobriu o tumor do filho Leuan ela acreditou que era apenas uma inflamação e que um creme resolveria, mas quanto mais ia no médico mais a preocupação aumentava. Foi quando ela descobriu que o filho precisaria fazer quimioterapia pois se tratava de um tumor cancerígeno.

O porta-voz do Departamento de Trabalho e Pensões disse em um comunicado ao Mirror: “Sempre deixamos claro que o aumento do Crédito Universal foi temporário. Ele foi projetado para ajudar os requerentes durante o choque econômico e a crise financeira dos estágios mais difíceis da pandemia, e assim foi…

O Crédito Universal continuará a fornecer um apoio vital para aqueles que estão dentro e fora do trabalho e é certo que o Governo deve se concentrar em nosso Plano de Emprego, apoiando as pessoas de volta ao trabalho e apoiando aqueles já empregados para progredir e ganhar mais.”.