Mãe que não se vacinou por estar “muito ocupada” morre de Covid-19 e deixa 3 filhos

Dani Coombs mora na cidade de Milton Kaynes, na Inglaterra. Ela tinha apenas 25 anos, e afirmou que não tinha tempo para se vacinar porque estava cuidando das crianças

Resumo da Notícia

  • Dani Coombs morreu de covid-19, aos 25 anos, na Inglaterra
  • Ela não havia tomado a vacina contra o vírus alegando que estava "muito ocupada"
  • Dani era mãe de 3 filhos pequenos

Dani Coombs era mãe de 3 filhos pequenos quando morreu de covid-19 na cidade de Milton Kaynes, na Inglaterra. Segundo os familiares, a mulher ainda não havia tomado a vacina alegando que estava “muito ocupada” cuidando das crianças, e não tinha tempo para ir até o local de vacinação.

-Publicidade-
Ela alegava estar muito ocupada cuidando das crianças (Foto: Reprodução/ Daily Mail)

Dani deixa um menino de 2 anos, que foi diagnosticado com autismo e TDAH, e duas meninas, de 4 e 7 anos. Ela faleceu no dia 15 de julho, dias antes de completar 26 anos. Familiares da mãe, em conversa com o Daily Mail, confirmaram que ela contraiu o vírus do noivo, Adam, e que teve uma brusca queda nos níveis de oxigênio alguns dias depois. Ela ainda contraiu sepse no hospital, e faleceu.

“Ela estava adiando o compromisso, assim como muitas pessoas, por causa de outras tarefas do dia a dia”, comentou Kelly, tia da mulher. “Dani estava muito nervosa por causa disso. Ela inclusive havia combinado de ir com a mãe se vacinar, mas pegou covid-19 antes do momento e não resistiu”, lamentou.

Dani Coombs tinha 25 anos e três filhos (Foto: Reprodução/ Daily Mail)

Agora, Kelly e os outros familiares de Dani acreditam que essa é uma lição para todos aqueles que estão, independente do motivo, adiando a vacinação contra o coronavírus. “Se Danni tivesse se vacinado antes, ela ainda poderia ter pego covid, mas não com a mesma intensidade. Mas ela não tomou, e os sintomas graves acabaram com a vida dela”, finalizou.