Mãe que nunca quis ter filhos decide adotar duas crianças após encontro emocionante

Sarah Fields não queria ter filhos, mas com o passar do tempo, começou a sentir o desejo que aumentou após encontrar com duas crianças que a conquistou

Resumo da Notícia

  • Um casal que nunca teve o desejo de ter filhos decidiram adotar duas crianças em encontro emocionante
  • As crianças tinham entre 1 a 3 anos
  • Sarah relata que o processo de adoção mudou a vida dela

Sarah Fields e a esposa Heather nunca tiveram o desejo de terem filhos, até adotarem duas crianças que foram deixadas na porta de casa. Durante toda a vida, Sarah relata sempre querer ser esposa, mas nunca mãe.

-Publicidade-

“Uma esposa que era amada por seu esposo, uma esposa que viajava, uma que dava festas extravagantes em feriados e talvez o tipo de esposa que trabalhava como voluntária na comunidade local, e uma esposa que tinha os melhores lanches para a noite do jogo”, disse Sarah ao portal Love What Matters.

“Quando eu tinha 17 anos, minha mãe me perguntou que eu não queria filhos. Minha resposta? ‘Eu não tenho esse desejo. Não consigo imaginar um mundo onde eu seja responsável por outra pessoa. Não consigo descrever um cenário em que eu desistiria de boa vontade da minha autonomia para ser tudo para uma criança’. Ela também relatou que a mãe disse que um dia ela mudaria de ideia. Hoje, a jovem admite que ela estava certa.

Mãe que nunca quis ter filhos decide adotar duas crianças após encontro emocionante
Mãe que nunca quis ter filhos decide adotar duas crianças após encontro emocionante (Foto: Reprodução / Mirror / Sarah E. Fields)

Em 2016, Sarah se casou com Heather no Tenessee e relata que, desde então, o desejo de ser mãe começou a desenvolver. Por conta disso, ela explorava diversos sites e páginas de adoção. “Em abril de 2019, demos um salto. Depois de alguns telefonemas, estávamos na lista de treinamento para pais adotivos”, contou.

“Muita papelada e, alguns meses depois, fomos oficialmente certificadas para isso. Rapidamente nos tornaríamos um lar de curta duração para uma infinidade de meninos adolescentes. A idade de 13 a 17 era minha zona de conforto. Sem bagunça, sem confusão, fácil de comunicar e bastante autossuficiente. Era o meu cenário perfeito”, continuou.

No entanto, em uma noite, o casal recebeu um telefonema depois da meia-noite recebendo uma proposta de adoção diferente do que imaginavam: uma criança de 1 ano e outra de 3. A mulher do outro lado da linha, afirmou que elas estavam com muito medo e que elas poderiam pensar a respeito do assunto. Três dias depois, os meninos chegaram na casa delas conquistaram o coração delas logo de primeira.

“Fui até o lado do passageiro de um SUV escuro, onde um menino de 17 meses adormecido estava amarrado a uma cadeirinha. Abri a porta e seus grandes olhos castanhos se abriram e ele olhou para mim, confuso e assustado. Ele começou a chorar. Eu nunca tinha visto olhos castanhos tão grandes antes” contou. “Eu soltei a cadeirinha do carro e o peguei em meus braços. Ele me abraçou pelo pescoço com muita força. O irmão de três anos também começou a chorar de alegria. Ele olhou para mim e disse: ‘Mamãe?’. Parecia que estava olhando para o rosto de alguém que sempre conheci”, contou Sarah

Em fevereiro de 2020, o casal começou o processo de adotar oficialmente os dois meninos. Ela acrescentuo: “Nossos filhos são apenas crianças que, como todas as outras crianças embrulhadas em orfanatos, enfrentaram circunstâncias incrivelmente incontroláveis, e que sorte temos de ser confiadas a elas? No final de todos os meus dias, é vale a pena. Eles valem a pena”, concluiu.

Dia das Crianças

O Dia das Crianças está chegando e se você ainda não encontrou o presente perfeito para o seu filho, a Pais&Filhos fez uma seleção especial de produtos no site da Amazon para você se inspirar, tem opções para todos os gostos e bolsos também. Dá uma olhada AQUI e arrase na escolha!