Mãe recebe bilhete bem diferente de vizinha após choro do filho

Ela mostrou que ainda há empatia no mundo

O filho de Bárbara estava chorando muito por causa das cólicas (Foto: Reprodução / Facebook Bárbara Oliveira)

A mãe Bárbara Oliveira foi surpreendida com uma atitude muito emocionante feita pela vizinha. Bárbara é mãe de um recém-nascido de 1 mês e de uma menina de 3 anos e estava passando por algumas dificuldades típicas da maternidade.

-Publicidade-

Nas redes sociais, Bárbara contou que sua vizinha, Karla, deixou uma carta debaixo da porta do apartamento. “Nessa jornada inicial de ser mãe de dois, tenho descoberto que o Bernardo chora mais do que a Luísa. Meu menino tem sofrido um bocado com cólicas, o que faz parte do processo de crescimento dele…”, ela explica na publicação.

Bárbara falou sobre o ocorrido no Facebook (Foto: Reprodução / Facebook Bárbara Oliveira)

Bárbara conta que um dia, após sair com Bernardo, ela precisou subir as escadas do condomínio com o menino chorando e, ao entrar em casa, ele continuou a chorar. Alguns minutos depois, ela ouviu a campainha, mas não conseguiu atender a tempo. Porém, Bárbara viu que alguém deixou um bilhete debaixo da porta.

-Publicidade-

“Eu imaginava que tinha um recado de alguém de pouca empatia, que estava incomodado com o choro do meu filho. Afinal, todo mundo tem um palpite, um pitaco, um comentário impensado para fazer com uma mãe”, conta.

A surpresa, porém, foi outra. O bilhete era um recado de Karla, que tinha deixado o nome e o celular e estava à disposição caso Bárbara precisasse de ajuda. “Custei a acreditar no que li! Mas passado o susto, fiz questão de agradecer pessoalmente. Se tem uma coisa que a maternidade me ensina, todo dia, é que esse mundo tem jeito!”.

Na foto, o bilhete de Karla (Foto: Reprodução / Facebook Bárbara Oliveira)

Muitas pessoas deixaram comentários na publicação sobre a atitude de Karla. “Que maravilhoso isso, precisamos de mais Karlas no mundo”, comentou uma usuária. “Que bom ler essa história linda e emocionante em tempos que as pessoas preferem julgar uma mãe ao invés de ajudar”, disse outro amigo de Bárbara.

Leia também:

Ludmilla se solidariza com mãe que usa caixa plástica como berço para a filha e toma atitude inesperada

Mãe deixa filho autista viajar sozinho e atitude de passageiro surpreende

Professora surpreende alunos com “festa pré-prova” para aliviar a ansiedade