Mãe se revolta com comentários maldosos feitos para filha que foi vestida de terno para baile de formatura

A menina decidiu não usar vestido na festa do colégio e foi criticada pelos pais dos colegas que estavam presentes no evento

Resumo da Notícia

  • Mischa Parker foi ao baile de formatura da escola usando terno
  • Pais de alunos fizeram comentários maldosos para a menina pela escolha da roupa
  • A mãe da garota ficou furiosa com a atitude dos adultos

No baile de formatura da escola, Mischa Parker, de 11 anos de idade,  foi vestindo um smoking preto e uma gravata borboleta. Após ouvir comentários maldosos sobre a roupa feitos pelos pais das outras crianças que estavam presentes na festa, a menina ligou para a mãe e pediu para que ela fosse buscá-la mais cedo.

-Publicidade-

A mãe, Tamara Auty, ficou furiosa com a situação. Segundo o portal Daily Mail, ela disse que a atitude desses pais foi ” Um ataque à individualidade de Mischa”, e questionou: “Eu só acho que as crianças deveriam ter permissão para se expressar, por que minha filha deveria se sentir mal com a maneira como gosta de se vestir? Por que tentar derrubar uma criança por isso?”.

A mãe falou que foi às compras com a filha Mischa e com o filho Thomas, de 9 anos, para escolher a roupa perfeita para o baile de formatura da menina. Tamara contou: ‘Ela acabou indo para a seção de meninos porque combinava um pouco mais com ela”, e afirmou: “Ela sabia que se fosse a qualquer evento, estaria de terno. Ela parecia absolutamente incrível e estilosa”.

A menina decidiu ir ao baile de formatura vestida de terno (Foto: Reprodução/ Instagram)

Toda a família elogiou a menina e achou que ela estava linda! A criança se animou para ir para a festa de comemoração da formatura no ensino fundamental. Tamara falou: “Eu alisei o cabelo dela, ela passou rímel, unhas pintadas de preto e normalmente ela não se incomoda em se maquiar nem fazer nada no cabelo. Ela estava um pouco nervosa, mas se sentia muito bem, ela realmente gostou do terno. Ela tinha sido abalada recentemente em termos de autoconfiança, então foi uma grande coisa para ela usar o terno, já que ela odeia vestidos”, e acrescentou: “Ela não é uma garota feminina”.

Com receio de entrar sozinha no baile Mischa esperou pelas amigas do lado de fora. Quando chegaram, as meninas elogiaram muito o look da amiga, e isso fez com que ela se sentisse muito bem. A mãe disse: ‘Todos os amigos dela estavam dizendo ‘você está incrível, você está linda'”.

A alegria da menina logo desapareceu quando ouviu os sussurros dos pais de seus colegas. Eles começaram a chamá-la de “garota de terno” como forma de insultá-la, apenas porque ela não seguiu o padrão das meninas. Desconfortável, Mischa pediu para que sua mãe voltasse para buscá-la.

A menina ficou triste com os comentários maldosos (Foto: iStock)

Tamara contou: “Quando eu cheguei ao baile eu a abracei e ela começou a chorar e disse’ Eu preciso sair daqui'”. Quando perguntou a filha o que tinha acontecido no baile ela disse: “Alguns dos adultos que ficaram no baile a chamaram de ‘garota de terno’ e riram”.

A mãe acrescentou: “Toda vez que ela passava por esses pais, ela podia ouvi-los comentando e rindo”. Tamara contou que a menina ainda perguntou se ela deveria mudar o estilo. A mãe disse: “Não, você é quem você é”.  E concluiu: “Acho que foi um ataque à individualidade dela. Foi realmente ‘nojento'”.