Mãe sofre preconceito e é obrigada a sair do cinema com filho autista: “Nós não podemos fazer o que queremos”

Vicky tinha ido assistir ao filme Dumbo com os três filhos quando tudo aconteceu

Mãe e filho estavam empolgados com o passeio (Foto: reprodução/ Facebook/ Vicky Page)

O que era pra ser um momento de lazer entre mãe e filhos acabou se transformando em um verdadeiro pesadelo para uma família da Inglaterra.

-Publicidade-

Tudo começou quando Vicky Page, de 36 anos, decidiu levar seus três filhos ao cinema  para assistir ao live action de “Dumbo”. O filho caçula, Noah, é diagnosticado com autismo, e por conta disso apresentou momentos de inquietação durante a sessão.

Vicky e seus 3 filhos foram ao Royal Cinema, na Inglaterra (Foto: reprodução/ Facebook/ Vicky Page)

Porém, não demorou muito para que comentários preconceituosos começassem a surgir. Logo nos primeiros 30 minutos de filme uma telespectadora do cinema começou a “olhar feio” e reclamar do comportamento do menino.

-Publicidade-

Na tentativa de explicar a situação, a mãe se desculpou e tentou compartilhar com a mulher sobre o autismo de Noah, que, segundo ela, não estava se comportando mal. “Noah não estava sendo desobediente, quando ele fica muito animado assim é difícil ficar parado”, contou em entrevista ao Metro.

Vicky relatou que a explicação não foi o suficiente, e que a mulher sugeriu que deveriam tê-lo deixado em casa. O constrangimento gerado pela situação fez com que a família abandonasse a sessão sem terminar de assistir ao filme.

Durante conversa com o jornal Metro, a mãe também desabafou sobre as dificuldades que enfrenta na criação do filho. “Tudo sempre é feito com contagens regressivas. Estávamos o preparando para ir ao cinema há uma semana. Nós não podemos fazer o que queremos na hora que queremos”, relatou.

Leia também:

Marcos Mion viaja com família sem o filho autista e desabafa: “É uma dureza” |

Autismo, reconhecimento e amor: “Aprendemos a cada dia com nosso filho a sermos pessoas melhores” |

Criança autista escreve poema sobre como é conviver com o autismo |

-Publicidade-