Mãe solo se emociona após ato de gentileza de um completo desconhecido

Ela estava indo com a família para um chá de bebê quando foi surpreendida pela atitude bondosa do motorista da frente

Resumo da Notícia

  • Uma família foi surpreendida pela atitude de bondade do motorista da frente no pedágio
  • A mãe quis agradecer a gentileza mas o motorista já tinha ido embora
  • Ela quer contar essa história no objetivo de incentivar outras pessoas a fazerem boas ações como essa

Quem disse que no mundo só existem pessoas ruins? Essa história pode provar que ainda existe sim muita bondade por aí, até mesmo entre completos desconhecidos.

-Publicidade-

Depois de buscar sua irmã Rebecca, Emma Agnew foi em direção a Ponte Humber, no Reino Unido, para o chá de bebê de um membro da família. Por volta das 12h45, a família entrou na fila por alguns minutos na ponte, antes de se aproximar do pedágio. Quando ia pagar a taxa de £ 1,50, a mulher na cabine disse a Emma que sua passagem já havia sido paga pelo motorista da van branca que estava à sua frente na fila.

O pedágio foi pago pelo motorista da frente
O pedágio foi pago pelo motorista da frente (Foto: Reprodução/ HullLive/ jaharland)

Em entrevista ao portal Hull Live , Emma contou: “Tive de perguntar a moça da cabine duas vezes, não pude acreditar, tenho dirigido de um lado para o outro na ponte Humber por 14 anos e isso nunca aconteceu antes”. A mãe queria agradecer ao gentil estranho pelo gesto de bondade que, segundo ela, “fez seu dia”. No entanto, ele não a ouviu chamar de seu carro em uma rotatória próxima.

Emma falou: “Sou uma mãe solo que trabalha sozinha e tenho uma hipoteca para pagar. Eu tenho que cuidar de cada centavo, e talvez aquele motorista de van também. Então foi um gesto simples, mas a sensação que isso me deu foi realmente grande.”

Emma, sua filha e sua irmã ficaram muito felizes com a gentileza do desconhecido
Emma, sua filha e sua irmã ficaram muito felizes com a gentileza do desconhecido (Foto: Reprodução/ HullLive/ Emma Agnew)

A mulher espera que compartilhando essa história ela possa encontrar o motorista que a ajudou. Ela também pensa que contar o que aconteceu inspire outras pessoas a realizar atos simples de bondade como esse. “É realmente uma inspiração para fazer algo, me deu uma sensação tão maravilhosa!”