Mãe surpreende ao explicar porque não dá mais presentes de natal para os filhos

Angie Wipf encontrou uma maneira mais fácil e barata para os filhos no Natal

Resumo da Notícia

  • Angie Wipf é mãe de 8 crianças
  • A mãe surpreendeu quando disse que não compra mais presentes de Natal para os filhos
  • Internautas aplaudiram o novo método proposto por Angie

Angie Wipf, 35, contou que resolveu não presentear mais os 8 filhos no Natal. Segundo a mãe, as crianças ficaram sobrecarregadas de presentes e muitas vezes nem ligavam muito para alguns, e só focavam naquilo que queriam. Então Angie decidiu fazer com que os irmãos se presenteassem, e foi um sucesso.

-Publicidade-

Ela disse que economiza £514 todos os anos desde que decidiu parar de comprar presentes para Finley, 10, Macklin,8 , Vivian, 7, Cruze, 5, Cedar, 4, gêmeos Wilder e Stryker, 3, e Hawk, de um ano. Angie disse: “Acabei de notar que quando eles abriam muitos presentes, eles só percebiam aquele que realmente queriam e esqueciam o resto. Eles se esqueceriam das coisas e não se importariam com isso, e era meio decepcionante. Acho que tirou o estresse das crianças, elas ficariam tão sobrecarregadas com coisas que não saberiam o que fazer.”

Angie gosta de gastar o que economiza em viagens em família ao museu e zoológico durante o resto do ano. Ela acrescentou: “Passamos mais tempo tendo experiências do que coisas. Acho que, como adulto, acho que você se lembra mais das coisas que fez do que daquilo que obteve.”

Angie diz que as crianças estão mais felizes fazendo o presente entre elas
Angie diz que as crianças estão mais felizes fazendo o presente entre elas (Foto: Reprodução/Mirror)

Angie, de Alberta, Canadá, decidiu fazer a mudança em dezembro de 2019, quando percebeu que os filhos só se lembram de um ou dois presentes da pilha que receberam. E logo depois do Natal era o aniversário das crianças, que aconteciam em Outubro, Dezembro e Janeiro, a mãe queria se certificar que cada um focasse em uma data primeiro.

O novo plano era fazer com que cada criança desenhasse o nome de um dos irmãos um chapéu, e eles ficariam encarregados de escolher o único presente de Natal. Quando ela anunciou o novo plano para a banda de oito menores de dez anos, ela se surpreendeu com o quão positiva foi recebida.

Ela disse: “Descobri que eles gostam mais do que recebem porque vão falar com seus irmãos ao longo do ano sobre o que gostam. Acho que eles perceberam que ainda ganham presentes dos avós e tudo mais, eles definitivamente não estão privados, com certeza!”. Isso estimula a criativade das crianças na hora de pesquisar or presentes.

Angie ou o marido Paul, 39, se sentam com uma das crianças e navegam na Amazon para ajudá-los a encontrar o presente perfeito online, mas no futuro isso fará a transição para viagens de compras físicas. A mãe quer passar a lição para as crianças de que o importante é ganhar aquilo que quer e precisa, e não diversas coisas.

As crianças fazem a embalagem do presente de Natal
As crianças fazem a embalagem do presente de Natal (Foto: Reprodução/Mirror)

Angie também ajuda com papel de embrulho, e na véspera de Natal dá a cada criança um saco branco para decorar com canetas de tecido laváveis. O “Papai Noel Secreto” colocará o presente no saco na noite anterior, pronto para o amanhecer – e tentará manter o segredo até então. Ela disse: “O embrulho não leva tempo e tudo se encaixa perfeitamente. Isso cria memórias; a cada ano eles ficam tipo ‘por que eu desenhei isso?’.”.

Ao postar esse novo método nas redes sociais Angie recebeu uma chuva de comentários positivos, dizendo que esse método era muito eficaz, e faria bem para as crianças no futuro. Embora ainda houvesse pessoas que discordam da mãe dizendo que crianças são apenas crianças, e elas devem ganhar presentes normalmente dos pais, Angie não liga muito para os comentários negativos.