Mãe suspeita de jogar o próprio bebê em córrego é presa em Bragança Paulista

A mulher foi pego em flagrante tentando fugir para a capital paulista. O crime aconteceu em Três Pontas, Minas Gerais

Resumo da Notícia

  • Mãe confessa que jogou o próprio filho dentro de um córrego
  • A mulher disse que a criança já nasceu morta
  • A Polícia Rodoviária Federal encontrou a mulher tentando fugir para São Paulo

Durante a tarde desta segunda-feira, 4 de abril, uma mãe de 23 anos, foi considerada suspeita de ter jogado o próprio filho recém-nascido – em um córrego localizado em Três Pontas, no Sul de Minas. Logo após o crime, a suspeita embarcou em um ônibus rodoviário com destino à São Paulo. No entanto, foi pega pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) dentro do veículo de viagem, na cidade de Bragança Paulista.

-Publicidade-

Segundo os policiais da Polícia Rodoviária Federal, a prisão aconteceu após a Polícia Civil de Minas ser informada sobre o crime. Em seguida, os profissionais flagraram a mulher em fuga para a capital paulista.

Mãe joga o próprio filho dentro de um córrego em Minas Gerais (Foto: Reprodução / Getty Images)

Os agentes fizeram a abordagem no Km 30 da rodovia Fernão Dias, situada no município de Bragança Paulista, interior de São Paulo. Ao ser questionada pelos policiais, a mãe confessou o crime, e direcionada de volta à Três Pontas.

No momento de confessar o crime, a mãe disse que a o bebê nasceu morto. O corpo da criança foi encontrado no último domingo, 3 de abril, dentro de um córrego na região central de Três Pontas.

Segundo informações do portal Itatiaia, o bebê pesava 1,7 kg e o cordão umbilical estava cortado de maneira brusca. A mãe pode responder por infanticídio e ocultação de cadáver.