Mãe usa 12 alarmes diários para equilibrar rotina com a filha e autocuidado

A ex-comissária de bordo de 27 anos diz que para conseguir o que deseja a cada dia ela tem que se organizar com muita precisão

Resumo da Notícia

  • Muitas mães aproveitaram a pandemia para ser menos exigente com elas mesmas ou com os próprios filhos;
  • No entanto, Charli Dawkins, decidiu definir regras;
  • A ex-comissária de bordo de 27 anos diz que para conseguir o que deseja a cada dia ela tem que se organizar com muita precisão.

Muitas mães aproveitaram a pandemia para ser menos exigente com elas mesmas ou com os próprios filhos. No entanto, Charli Dawkins, decidiu definir regras. A ex-comissária de bordo de 27 anos diz que para conseguir o que deseja a cada dia ela tem que se organizar com muita precisão.

-Publicidade-

“Eu sou uma mãe solteira e garanto que tudo seja feito a cada minuto”, disse ela em entrevista ao The Sun.  A mãe organizou um cronograma rígido e explicou: “Minha filha não frequenta o berçário, então, se eu não seguir uma escala, fica muito difícil ficar por dentro das coisas”.

Mãe cria organização para lidar com a rotina e a filha (Foto: Reprodução/ Facebook)

No último ano, quando o bloqueio começou, Charli estava determinada a seguir um cronograma e não se abater pela preguiça. “Elaborei um cronograma no quadro branco para o que estávamos fazendo a cada hora do dia. Também programei até 12 alarmes em meu telefone como lembretes do que fazer e quando”.

Charli, que mora em West Midlands com sua filha Aubrey, de 4 anos, conta que cada parte do dia é cuidadosamente programada para o tempo de brincar, aprender, se exercitar, preparar a comida e comer. Charli admite que é rígida – mas diz que tem que ser.

“Às vezes, quando Aubrey ouve um alarme, ela dá um pulo e pergunta: ‘Qual é a próxima tarefa, mãe?’ enquanto ela tenta terminar o que está fazendo!”, diz a mãe orgulhosa ao ver que seu sistema funciona. “Antes de fazer isso eu estava chegando ao fim de cada dia e não tinha conseguido nada”, afirma.

Mãe cria organização para lidar com a rotina e a filha (Foto: Reprodução/ Facebook)

“Minha família acha que estou louca! Quando meus amigos ouvem os alarmes disparando, eles me dizem que sou exagerada”. Entretanto, a mãe reforça que com os alarmes, não há desculpa para não passar tempo com a filha ou cuidar de si mesma a cada dia.

“Desde que estou fazendo isso, durmo melhor, minha saúde mental também está melhor. Aubrey também adora. De certa forma, está preparando-a para a escola. Ela não terá nenhum problema com seu horário escolar! “, conclui a mãe contente.