Maior iceberg do mundo se desprende da Antártica: saiba os impactos que isso pode causar

Chamado de A-76, o bloco de gelo gigante chega a ser até 80 vezes maior do que Manhattan

Resumo da Notícia

  • O maior iceberg do mundo se desprendeu da Antártica
  • Com 4320km2, o pedaço de gelo flutuante é até 80 vezes maior do que Manhattan
  • Comparando a objetos do nosso dia-a-dia, o iceberg se assemelha a uma tábua de passar roupa gigante

O maior iceberg do mundo se desprendeu da Antártica. Com 4320km2, o pedaço de gelo flutuante é até 80 vezes maior do que Manhattan. Ele se quebrou no lado oeste da plataforma de gelo de Filchner-Ronne, no mar de Weddell, segundo informações da Agência Espacial Europeia (ESA, na sigla em inglês) divulgadas na última quarta-feira, 19 de maio.

-Publicidade-

Comparando a objetos do nosso dia-a-dia, o iceberg se assemelha a uma tábua de passar roupa gigante, medindo cerca de 170 quilômetros de comprimento por 25 quilômetros de largura, tornando o pedaço de gelo um pouco maior do que a ilha espanhola de Maiorca.

Esse desprendimento do gelo não tem relação com o aquecimento global, na realidade, acredita-se que está ocorrendo a formação de outros pedaços de gelo na região. O desprendimento, por sua vez, faz parte do ciclo natural dos icebergs, com grandes pedaços de gelo se quebrando em intervalos regulares.

(Foto: Reprodução/ CNN)

11º Seminário Internacional Pais&Filhos – A Sua Realidade

Está chegando! O 11º Seminário Internacional Pais&Filhos vai acontecer no dia 1 de junho, com oito horas seguidas de live, em formato completamente online e grátis. E tem mais: você pode participar dos sorteios e ganhar prêmios incríveis. Para se inscrever para os sorteios, ver a programação completa e assistir ao Seminário no dia, clique aqui!

Sobre o nível do mar aumentar após o derretimento: não é uma realidade. Isso porque ele era parte de uma plataforma de gelo, da mesma forma como um cubo de gelo derretido não aumenta o nível da bebida no copo. O que os diferencia das geleiras e mantos de gelo, que, quando se quebram no oceano ou derretem, aumentam o nível do mar.

A ESA afirmou que o iceberg foi visto pela primeira vez pelo oceanógrafo polar Keith Makinson, integrante do centro britânico de Pesquisas Antárticas, na semana passada, e foi confirmado peço Instituto Nacional do Gelo dos Estados Unidos usando imagens do satélite Copernicus Sentinel-1, da ESA.

Atualmente, o pedaço de gelo foi apelidado de A-76. O nome pode soar um pouco tedioso para o maior iceberg do mundo, mas é baseado na ciência – e organização. A ESA disse que os icebergs são tradicionalmente nomeados pelo quadrante antártico onde foram vistos pela primeira vez, seguido de um número e, se o iceberg se quebrar, uma letra sequencial.