Marcella Fogaça fala sobre o efeito positivo que a música tem na maternidade

A cantora abriu o coração falando da importância que a música teve ao decorrer da vida

Resumo da Notícia

  • Marcella Fogaça falou sobre a importância que a música tem na maternidade
  • A cantora é mãe de Pietra e Sophia
  • As gêmeas são frutos do relacionamento da artista com Joaquim Lopes

A cantora e compositora, Marcella Fogaça, mãe das gêmeas Sophia e Pietra, costuma compartilhar a rotina com a família nas redes sociais, além de textos cheios de amor! Nesta última quarta-feira, 09 de dezembro, ela publicou uma sequência de fotos em momentos divertidos com as filhas.

-Publicidade-

“Às vezes durante o dia me pego questionando a minha relação com a música. Como pode, 17 anos de carreira, tanto trabalho, tantos shows, tanta luta, conquistas, aprendizados, 40 músicas gravadas, mais de 100 composições na fila… Estar eu aqui cantando músicas infantis, ou mesmo clássicos do rock transformados em “nenêsongs”, parada há quase dois anos por conta da pandemia e agora simplesmente porque não quero ainda ficar nem um segundo longe delas além do necessário”, começou escrevendo na legenda do post.

Marcella Fogaça e filhas
Marcella Fogaça e filhas (Foto: Reprodução / Instagram / @marcellafogaca)

“Estou aqui aguardando a música me acordar pro fato de que ela não é só necessária, mas fundamental pra minha sobrevivência emocional nesse mundo. Acho que ela tá só esperando mais um pouquinho pra me dar aquele clique, vulgo tapa na cara e eu colocar em prática o show que já se desenha no fundo da minha cabeça, as músicas já rabiscadas, feitas banhadas em hormônios e renascimentos…”, continuou.

“Sou muito grata de poder ter esse tempo para elas 100%, sei que é um privilégio. Só tento não perder o ritmo certo dentro do meu coração, aquela linha tênue entre a pausa e o escanteio. Porque a gente precisa encontrar na areia movediça deliciosa que é a maternidade, o momento e o equipamento certos pra voltar pra gente, pros nossos sonhos, pra nossa vida que jamais será a mesma e ainda bem, mas ainda nos pertence…”, escreveu.

“Enquanto isso, sigo conquistando todos os dias o público mais fiel que já tive. Esses sorrisos valem mais que qualquer cachê. Encontrem a sanidade no caos, gente linda… ela tem vontade de reencontros”, concluiu a cantora.