Família

Marcos Mion vai até Brasília para incluir o autismo no censo e faz texto emocionante em comemoração

O apresentador é pai de Romeo, Stefano e Donatella

Izabel Gimenez

Izabel Gimenez ,filha de Laura e Décio

Marcos Mion e Suzana Gullo com os filhos Stefano, Romeo e Donatella (Foto: reprodução / Instagram)

Na quinta-feira, dia 19 de julho, o apresentador Marcos Mion foi ao Ministério da Cidadania, em Brasília, para lutar por assunto que tem muito a ver com a sua vida. O artista viajou até a capital do país para lutar pela inclusão do autismo no Censo 2020 e conseguiu obter vitória. Desde o nascimento do seu filho mais velho, que hoje tem 14 anos e é autista, Mion se envolve muito na causa e luta pelos direitos de todos.

O autismo tem nome e definição desde 1911 quando foi descrito como a versão clínica mais severa da esquizofrenia pelo psiquiatra suíço, Eugen Bleuler (1897-1939). Apesar de cada criança apresentar características distintas de autismo, o neuropediatra, um dos fundadores do Instituto NeuroSaber e pai da Helô, do Gustavo e do Maurício, Clay Brites, explica que, de forma geral, o transtorno neurológico se manifesta da mesma forma em meninos e meninas.

“VITÓRIA!!! VITÓRIA PARA O AUTISMO! Eu vim achando que era uma causa perdida, que o governo ia usar minha imagem para amenizar a decisão de não incluir o autismo no Censo, mas como disse em todos os vídeos: ‘Vou lutar até o fim’! Por todas famílias autistas! MEU PARTIDO É O AUTISMO! E pelas famílias eu vou até o fim”, escreveu o apresentador na legenda de um vídeo publicado em sua conta pessoal no Instagram.

Romeo, Donatella e Stefano, filhos de Suzana Gullo e Marcos Mion (Foto: Reprodução/ Instagram @marcosmion)

Além de comemorar a vitória, Mion explicou um pouco mais de como foi o dia até conseguir a conquista.”Foram grandes ‘inputs’ do Ministro da Saúde Mandetta (Luiz Henrique Mandetta), da Priscilla (Priscilla Roberta Gaspar de Oliveira) da Secretaria Nacional dos Direitos da Pessoa com Deficiência, e da Susana (Susana Cordeiro Guerra), presidente do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), além de todos os assessores, com uma atitude surpreendente o presidente Jair Bolsonaro sancionou a lei que inclui dados específicos sobre autismo no Censo 2020!”, disse.

Marcos Mion sempre levanta a bandeira para a inclusão de autistas (Foto: reprodução / instagram)

“Estou MUITO EMOCIONADO! Batalhei muito nessa reunião, nunca esmoreci, não cedi a controvérsia alguma por vocês, minha comunidade autista! E isso é apenas o começo! Agora o autismo entrou pela porta da frente e vou sempre representar a vontade da comunidade, acima da minha própria. Um agradecimento muito especial à primeira dama Michelle Bolsonaro, madrinha de todas as causas que, sem ela, nada seria possível. Mais uma vez eu repito: MINHA BANDEIRA É AZUL. MEU PARTIDO É O AUTISMO”, finalizou.

Clique aqui para assistir o vídeo completo

A iniciativa fez com que muitos famosos e seguidores do apresentador elogiassem e comemorassem a conquista. “Ele é paizão em casa e paizão das causas também. Parabéns pelo amor integral depositado em tudo que faz”, disse um deles. “Parabéns por usar sua figura de uma forma tão construtiva, humana e inclusiva. Sua voz engrandece e fortalece nossa luta”, disse outro.

Leia também: 

Marcos Mion faz barba de filho autista pela primeira vez em vídeo e legenda emociona

Marcos Mion viaja com família sem o filho autista e desabafa: “É uma dureza”

Marcos Mion faz homenagem a filho autista: “Que sorte a minha”