Matheus Carrieri comenta aprendizado com as filhas: “Revejo comportamentos e falas machistas”

O ator, de 53 anos de idade, é pai do professor de pilates Kaike Carrieri, de 36 anos, e das estudantes Anna Chiara, de 14 anos, e Anna Francesca, de 13

Resumo da Notícia

  • Mateus Carrieri, de 53 anos de idade, é pai do professor de pilates Kaike Carrieri, de 36 anos, e das estudantes Anna Chiara, de 14 anos, e Anna Francesca, de 13
  • Recentemente o ator comentou sobre a bissexualidade das filhas nas redes sociais
  • O famoso também apontou o quanto aprende com as adolescentes

Mateus Carrieri, de 53 anos de idade, é pai do professor de pilates Kaike Carrieri, de 36 anos, e das estudantes Anna Chiara, de 14 anos, e Anna Francesca, de 13, e não esconde o seu lado de pai coruja. Recentemente o ator comentou sobre a bissexualidade das filhas nas redes sociais.

-Publicidade-

“Era uma questão particular nossa e elas sabem que têm todo meu apoio”, comentou o pai sobre o assunto, que tem buscado tratar o assunto sem tabus. “Chegaram a massacrá-las nos comentários por elas serem quem são. A galera acaba pegando pesado”, apontou o pai.

Na educação das meninas, Mateus valoriza o diálogo. “Tive uma criação em que via o meu pai totalmente o machão da casa e minha mãe feliz da vida com aquela situação, que ela aprendeu como certa. Mas a gente tem que evoluir e se desconstruir”, diz. Chiara e Francesca são do casamento do ator com Kelly Sontag, sua ex-mulher. Kaike é de um relacionamento anterior.

Enxoval do bebê

Está preparando o enxoval ou a lista para o seu chá de bebê? Olha só essa novidade: você pode criar sua lista personalizada com produtos na Amazon, que pode ser compartilhada com amigos e familiares em várias plataformas. Além disso, você também pode ganhar 10% de desconto na compra na maioria dos itens! Saiba mais sobre a ferramenta e veja produtos para o enxoval do bebê CLICANDO AQUI. Para montar a sua lista, acesse AQUI!

Ele contou que independente da idade aprende muito com as filhas (Foto: Reprodução/ Instagram)

Ele ainda comentou como se sentiu após fazer o vídeo sobre a sexualidade das filhas nas redes: “Veio a sensação de ‘será que fiz certo?’, mas percebi que as duas gostaram muito. Aprendo muito com minhas filhas. Elas são novas. Tem 13 e 14 anos, mas é a fase da adolescência em que essas questões se afloram. Lembro dos meus 14, 15 anos. É uma fase muito importante para os jovens. Como pai, é importante estar muito atento a tudo o que acontece. Se você não der o apoio dentro de casa, é muito duro para eles. Os filhos precisam se sentir acolhidos dentro de casa. Recebi mensagens de pais que vivem a mesma situação e nem sempre saber como lidar com ela. Não é um bicho de sete cabeças. Também recebi mensagens de pessoas, já adultas, dizendo: ‘quem dera o meu pai tivesse me apoiado na adolescência, meus pais não me aceitavam e eu passei a não me aceitar’. É muito ruim não se aceitar. Tem gente com medo, com vergonha e não precisa ser assim. Tudo pode ser de forma tranquila. O mundo está cheio de problemas e isso não deve ser encarado como um problema. Isso deve ser abordado com amor”, concluiu ele.