Matheus Nachtergaele abre o coração sobre suicídio da mãe: “Sou um órfão típico”

Famoso pelo papel em “Auto da Compadecida”, o ator falou sobre o processo de ter perdido a mãe ainda bebê, com 3 meses de vida

Resumo da Notícia

  • Matheus Nachtergaele se emocionou recentemente ao falar sobre a perda da mãe biológica quando ainda era bebê
  • Maria Cecília tinha 22 anos quando tirou a própria vida três meses depois de dar à luz ao ator
  • Criado pela madrasta, Carmem, o artista explicou que a morte da mãe impactou toda sua vida

Matheus Nachtergaele se emocionou recentemente ao participar do programa Persona, da Tv Cultura, e falar sobre a perda da mãe biológica quando ainda era bebê. Maria Cecília tinha 22 anos quando tirou a própria vida três meses depois de dar à luz ao ator, famoso pelo papel de João Grilo no filme “Auto da Compadecida”.

-Publicidade-
O ator ficou famoso pelo papel em “Auto da Compadecida” (Foto: Reprodução / YouTube)

Criado pela madrasta, Carmem, o artista explicou que a morte da mãe impactou toda sua vida. “Uma mãe perdida é uma coisa muito forte, que te marca muito, mas não te define como todo ou para sempre. Sou um órfão típico, um cara sem mãe que sobreviveu à falta dela com a ajuda de mães postiças. Tive uma principal, minha madrasta Carmem, que eu chamo de mãe e casou com meu pai quando eu tinha 1 ano e meio. Foi quem me ensinou tudo, com quem eu tive as maiores brigas e os abraços mais inesquecíveis”, disse ele.

Matheus tem 52 anos (Foto: GShow)

Durante o programa, com a foto da mãe ao fundo, Matheus disse que decidiu seguir a carreira artística em homenagem a Cecília, que era poeta.“Cecília, minha mãe biológica e também minha mãe artística. Muito por causa dela eu me envolvi com artes, virei ator. Ela era uma poetisa e se matou quando eu era bebê. Por causa dela me envolvi com poesia, literatura e música. Fui perseguindo minha mãe através de coisas que ela gostava, foi uma boa professora”, afirmou.

-Publicidade-

Matheus também explicou que só soube que a mãe tinha se suicidado quando fez 16 anos e o pai o entregou um presente feito por ela. “Papai me contou do suicídio e me entregou uma pasta com 33 poemas dela. Pela primeira vez na vida, tive contato com uma fala de Cecília”, confessou o ator. As poesias de Maria Cecília viraram uma peça intitulada Concerto do Desejo’, que foi encenada pelo próprio Matheus Nachtergaele, em 2018.

10º Seminário Internacional Pais&Filhos

O 10º Seminário Internacional Pais&Filhos – Quem Ama Cria está chegando! Ele vai acontecer no dia 1 de dezembro, com oito horas seguidas de live, em formato completamente online e grátis. E tem mais: você pode participar do sorteio e ganhar prêmios incríveis. Para se inscrever para os sorteios, ver a programação completa e assistir ao Seminário no dia, clique aqui!

-Publicidade-