Maurício Meirelles é assaltado à mão armada junto com a família: “Colocaram arma na minha cabeça”

Mauricio Meirelles conta sobre assalto nas redes sociais e alerta internautas sobre atenção nas ruas

Resumo da Notícia

  • Mauricio Meirelles usou as redes sociais para contar sobre assalto que sofreu com a família
  • O humorista detalhou como tudo aconteceu e alertou os seguidores para ter atenção pelas ruas
  • A declaração foi feita via story do Instagram e ele agradeceu a preocupação de internautas

Maurício Meirelles contou nas redes sociais neste sábado, 9 de abril, sobre um assalto a não armada que sofreu junto com a família no dia anterior. Nos stories do Instagram, o humorista disse que o assalto foi no meio do trânsito de São Paulo.

-Publicidade-

“Eu e minha família estávamos no carro, um mega trânsito, sexta-feira à noite, o carro não vai para frente, nem para trás, nem para o lado. Teu carro fica parado, e aí qualquer pessoa que quiser vem ao lado, bate no seu vidro, mostra a arma e você está extremamente pelado, praticamente. Fiquem muito atentos quando vocês tiverem em um trânsito” relatou ele sobre como foi a abordagem.

Ele também falou que mesmo o grande susto na família, felizmente todos estão bem: “Acabamos de recuperar tudo da nossa vida digital. Ontem fomos assaltados à mão armada. Colocaram uma arma na minha cabeça. O Gabriel absorveu tudo, mas a vantagem é que ele já jogou GTA [jogo que tem armas], então para ele foi bem tranquilo. Conversei com ele, piadas à parte. Ele não entendeu… Poderia ter sido uma tragédia”.

Maurício contou detalhes do assalto no seu perfil do Instagram
Maurício contou detalhes do assalto no seu perfil do Instagram (Foto: Reprodução/ Instagram @maumeirelles)

Após, Maurício falou sobre o que os assaltantes levaram. “De certa forma foi [uma tragédia], porque roubaram meu celular, então roubaram minha vida. Roubaram meu celular, nossas alianças, inclusive eu estou solteiro, Emily também. Cuidado, não manda peito” brincou o humorista.

Ele seguiu falando a atitude que teve para tranquilizar o filho, “Primeiro problema é pensar no filho. E eu fui muito ágil, fui muito educado com o cara, porque não dá para gritar nessa hora. Não reagi, porque o cara estava muito louco. Entregamos tudo o que ele pediu. O Uber [cachorro] salvou a gente, porque ele estava no colo da Emily latindo, então o cara não pediu celular e carteira da Emily, porque eu tenho cara de otário. E assim que aconteceu a situação, a primeira coisa que eu fiz foi levar o Gabriel para tomar um sorvete. Porque acho que um sorvete tira qualquer trauma. Hoje quando ele acordou a primeira coisa que perguntei foi: ‘e aí, Gabriel, o que você lembra de ontem?’ E ele falou: ‘do sorvete’. Pronto, acabou!”.

Por fim, o humorista agradeceu todas as mensagens e preocupação dos internautas: “Muito obrigado a todos. A internet faz você achar que é odiado e você começa a se acostumar com essa situação. Mas depois vocês fala: ‘não, cara, uma galera gosta mim, protege minha família, está do meu lado, torce…’”.