Mayra Cardi pede anulação do casamento com Arthur Aguiar para proteger bens da família

A mãe de Sophia entrou com o pedido na Justiça no último dia 10 de setembro alegando que não havia se divorciado do ex-marido americano na época em que uniu ao ator

Resumo da Notícia

  • Mayra Cardientrou na Justiça para pedir a anulação da união com o ator
  • Com o pedido, a mãe evitaria a partilha de bens com Arthur Aguiar
  • A ex-BBB tinha se casado anteriormente, em 2014, nos Estados Unidos, com Egil Greto Guarize

A novela entre Mayra Cardi e Arthur Aguiar ganhou um novo capítulo. A influenciadora entrou na Justiça para pedir a anulação da união com o ator no último dia 10 de setembro, alegando que já estava casada antes de assinar o compromisso com o artista. Com o pedido, a mãe de Sophia evitaria a partilha de bens com ex, já que a dupla tem um contrato de Comunhão Parcial de Bens por causa da filha em comum.

-Publicidade-
Mayra Cardi publica foto ao lado de Arthur Aguiar (Foto: reprodução Instagram)

A ex-BBB tinha se casado anteriormente, em 2014, nos Estados Unidos, com Egil Greto Guarize. Ao transferir a certidão do compromisso para o Brasil, Mayra faz com que a união com Arthur perca a validade.

O processo, porém, pode trazer consequências sérias para a musa fitness. Segundo a a advogada especializada em Direito de Família, Debora Ghelma, Mayra Cardi pode ser acusada de bigamia e falsidade ideológica por manter os dois casamentos simultanemanete na lei. Os dois crimes são passíveis de prisão com penas de até seis anos.

-Publicidade-
(Foto: Reprodução/Instagram @mayracardi)

“O brasileiro que casa no exterior possui estado civil de casado, e, ao retornar ao Brasil, não pode se casar novamente com outra pessoa sem antes proceder com o divórcio. Se declarar solteiro incorre na prática de crime de falsidade ideológica (art. 299, Código Penal), e ainda, se casar novamente, omitindo seu matrimônio internacional, configura crime de bigamia (art. 235, Código Penal)”, explica a advogada.

-Publicidade-