McDonald’s decide parar de vender a linha McPicanha após polêmica com o lanche

O Ministério da Justiça e Procon-SP notificou o McDonald’s pela falta de picanha no lanche

Resumo da Notícia

  • McDonald's decide parar de vender a linha McPicanha
  • A decisão veio depois que o Ministério da Justiça e Procon-SP notificou a empresa
  • A notificação veio porque o lanche, vendido como McPicanha, não tinha picanha

O McDonald’s decidiu retirar do cardápio de todas as lojas do Brasil a linha de lanches “Novos McPicanhas”. A decisão passou a valer a partir desta sexta-feira, 29 de abril, e veio depois que o Ministério da Justiça e o Procon-SP enviaram uma notificação à empresa a respeito da propaganda dos lanches, que diziam ser feitos de picanha, mas na verdade não eram.

-Publicidade-

Depois da polêmica, o McDonald’s emitiu uma nota oficial explicando o que teria ocorrido e alegou que o nome estava relacionado ao molho que estava no lanche, e não ao hambúrguer, como deu a entender.

McDonald's decide parar de vender a linha McPicanha após polêmica com o lanche
McDonald’s decide parar de vender a linha McPicanha após polêmica com o lanche (Foto: divulgação / McDonalds)

Na nota, a empresa explicou que os hambúrgueres realmente não eram feitos de picanha, mas sim “100% de carne bovina, produzido com um blend de cortes selecionados” e eram vendidos no maior tamanho oferecido pela rede atualmente. O McDonald’s também pediu desculpa aos clientes pela situação e disse que estão avaliando quais serão os próximos passos. Veja a nota completa abaixo:

“A partir desta sexta-feira (29), estamos retirando do cardápio os dois sanduíches da linha “Novos McPicanha”, em todos os restaurantes no país. Esclarecemos que a plataforma recém-lançada denominada “Novos McPicanha” teve esse nome justamente para proporcionar uma nova experiência ao consumidor com o exclusivo molho sabor picanha, uma nova apresentação e um hambúrguer diferente em composição e em tamanho (100% carne bovina, produzida com um blend de cortes selecionados e no maior tamanho oferecido pela rede atualmente). Pedimos desculpas se o nome escolhido gerou dúvidas e informamos que estamos avaliando os próximos passos”.