Médico derruba recém-nascida durante parto e terá que indenizar família

O valor de 78 mil reais foi decidido pelo Tribunal de Justiça de Santa Catarina depois que a bebê sofreu um com um traumatismo craniano

Resumo da Notícia

  • Um médico foi condenado a pagar 78 mil reais para uma família de Caçador, em Santa Catarina, após derrubar uma recém-nascida durante o parto
  • A bebê teve um traumatismo craniano e uma fratura na clavícula depois da queda
  • O processo segue na Justiça e o nome do hospital e do profissional não foram divulgados

Um médico foi condenado a pagar 78 mil reais para uma família de Caçador, em Santa Catarina, após derrubar uma recém-nascida durante o parto. A bebê teve um traumatismo craniano e uma fratura na clavícula depois da queda, de acordo com o TJSC.O processo segue na Justiça e o nome do hospital e do profissional não foram divulgados.

-Publicidade-
A família receberá quase 80 mil reais (Foto: Getty Images)

A criança também teria ficado com sequelas no braço esquerdo, onde a queda causou uma perda funcional e anatômica irreversível, de acordo com informações do portal ND Mais. Além do parto, o médico já tinha acompanhando a gestante durante todo o pré-natal, como explica a polícia.

A bebê ficou com sequelas (Foto: Getty Images)

No momento do acidente apenas uma enfermeira e uma técnica de enfermagem ajudavam o profissional com o parto. A decisão da Justiça leva em conta que cabia ao médico exigir a presença de mais auxiliares, assim como observar as normas técnicas que poderiam prevenir a queda.

-Publicidade-

O valor da indenização inclui os danos morais, materiais e estéticos da bebê e da família. O hospital também será condenado, já que segundo o TJSC, os equipamentos e profissionais vinculados eram de propriedade da instituição.