Médico prescreve ‘receita do abraço’ para avó poder reencontrar a neta sem medo e vídeo emociona

Evelyn Shaw estava sem ver a família há 1 ano por causa do isolamento social. Mesmo depois de tomar as duas doses da vacina contra a doença ela ficou com um pé atrás na hora de reencontrar a neta – mas o médico teve ideia genial!

Resumo da Notícia

  • Evelyn Shaw teve um ano bastante solitário, devido a pandemia da Covid-19
  • A idosa ficou sem ver a família durante 2020 inteiro por causa do isolamento social e por pertencer ao grupo de risco
  • Felizmente isso mudou quando ela e a neta tomaram as duas doses da vacina contra o novo coronavírus

Evelyn Shaw teve um ano bastante solitário, devido a pandemia da Covid-19. Durante 2020 a avó não viu nem abraçou os familiares, mas felizmente tudo isso mudou quando ela foi vacinada. Entretanto, ainda havia um porém, a idosa tinha medo de abraçar os netos após tudo que passou! E o médico dela encontrou a maneira perfeita para ajudá-la.

-Publicidade-

“Estávamos juntos o tempo todo”, disse a filha, Laura, sobre o período pré-coronavírus. Com as medidas de isolamento social os encontros que a casa antes estava familiarizada não puderam mais acontecer. E idosos, como Evelyn, foram aconselhados a terem cuidados redobrados contra a doença por fazerem parte do grupo de risco.

Após a avó e a neta receberem 2 doses da vacina contra o coronavírus elas se abraçaram (Foto: Reprodução/ CBS News)

A neta mais velha da idosa, Ataret, também já havia sido vacinada, portanto, podiam se ver e se abraçar, mas Evelyn ainda tinha um pé atrás. A jovem, para solucionar o problema, foi até o médico da avó pedir uma receita, garantido que Evelyn estava liberada para abraçar a neta sem nenhum problema. E ele realmente a prescreveu, sabendo que um abraço era o remédio de que Evelyn precisava para se curar da solidão. “Você tem permissão para abraçar sua neta”, disse.

O médico prescreveu receita para a avó abraçar a neta para curar solidão (Foto: Reprodução/ CBS News)

Com a receita em mãos, Laura e Ataret foram para a casa da avó.  Laura recebeu apenas uma dose da vacina, mas como Ataret e Evelyn receberam as duas doses, sabiam que era seguro se abraçarem. A avó foi as lágrimas ao abraçar a neta pela primeira vez em 1 ano.

Agora, a avó mal pode esperar para abraçar os outros seis netos. “Eu tenho isso agora”, disse ela, segurando a receita. “’Você tem permissão para abraçar sua neta’. Que declaração. Que declaração”, concluiu Evelyn.