Médico salva a vida de bebê em segundos e pai beija os pés dele em gesto de agradecimento

A história foi vivida pelo Dr. Mujahed Nazzal em uma noite que fazia plantão no hospital em que trabalha

Resumo da Notícia

  • Dr. Mujahed Nazzal foi responsável por salvar a vida de uma menina de 1 ano e 4 meses que chegou inconsciente em uma noite que fazia plantão no hospital em que trabalha
  • A ação durou cerca de segundos e o pai beijou os pés do médico em agradecimento
  • O vídeo é emocionante e virou febre na internet

Dr. Mujahed Nazzal postou em seu Instagram no começo de abril um vídeo gravado pela câmera de segurança do hospital em que trabalha, no qual um casal chega desesperado a procura de socorro para a filha de 1 ano e 4 meses, que se encontrava inconsciente. Na gravação, é possível ver a agilidade do doutor em rapidamente pegar a criança e auxiliá-la com tapas leves nas costas, que a acordaram em questão de segundos – e você pode conferir mais detalhes no fim da matéria.

-Publicidade-

O médico conta na publicação do Instagram que encontrava-se sonolento no local de trabalho quando ouviu o casal em desespero na recepção: “Ela morreu, está sufocada!”. Após segundos do socorro, a menina reage e o médico agradece aos céus pela oportunidade de salvar uma vida.

Já o pai, em um gesto de alívio e agradecimento, beija os pés do médico, enquanto ambos se perguntam como chegaram àquele momento. “Estes são os momentos e situações da vida que são impossíveis de esquecer. Momentos em que você sente a grandeza da alma, sente e vive o instinto da paternidade e da maternidade […]”, desabafou ainda o médico no post.

Médico salvou menina de 1 ano e 4 meses e vídeo foi registrado pela câmera de segurança (Foto: Reprodução/ Instagram)

Depois, dr. Mujahed ainda postou uma foto com a menina no Instagram – que você pode conferir aqui. No post, no qual carrega a garota no colo, fez questão de agradecer o carinho e admiração que tem recebido de internautas ao redor do mundo.

“Gostaria de poder responder a cada mensagem ou comentário, gostaria de agradecer a todos que me deram o amor do seu tempo e sentimentos. Esta é uma aliança pela qual juramos, e o que foi feito de nós nada mais é do que o cumprimento de um dever”.

Dr.Mujahed Nazzal, responsável pelo salvamento da menina (Foto: Arquivo pessoal/ Instagram)

Como atentar-se a casos de sufocamento

Histórias como essa são importantes na conscientização de pais sobre objetos – como brinquedo e almofadas – perigosos para crianças pequenas. Um período de desatenção e descuido pode levar a situações perigosas de sufocamento.

Sobre isso, e em entrevista exclusiva à Pais & Filhos, a Gerente Executiva da ONG Criança Segura, Vania Schoemberner afirma que é essencial deixar o berço livre de quaisquer objetos que não sejam o colchão e o lençol. Isso porque acessórios como bichos de pelúcia, travesseiros e protetores de berço podem cair no bebê ao longo da noite: “Esses objetos podem vir para o rosto do bebê e obstruir nariz e boca e acabar sufocando”.

Além disso, a gerente ainda destaca a importância de não subestimar esses objetos, que podem virar um problema: “Temos que observar todos os objetos macios que podem oferecer risco”, afirma. Além disso, Vania também alerta acerca dos cuidados com a alimentação e o sono, horários mais propícios para o sufocamento: “Evite ao máximo colocar o bebê para dormir sozinho na cama dos pais, sofás e lugares improvisados. Isso pode não só ocasionar a sufocação, mas também quedas, que é uma situação muito grave para os bebês”.