Médico se veste de Batman para cumprir promessa feita a menino atropelado por carro

Marco Antônio Alvim de Oliveira, de 54 anos, fez um combinado com Pablo, menino de 9 anos que sofreu diversas fraturas e entrou em coma induzido após ser atropelado: visitá-lo fantasiado caso ele se recuperasse

Resumo da Notícia

  • Um médico se vestiu de Batman para visitar um paciente
  • O menino de 9 anos foi atropelado por um carro e sofreu traumatismo craniano
  • Pablo recebeu alta e voltou para casa no último sábado

Pablo Henrique Ferreira da Silva, de nove anos, precisou ficar 14 dias internado depois de ter sido sido atropelado por um carro enquanto andava de bicicleta. O pediatra que cuidou do caso ficou emocionado com o acidente e combinou com Pablo que, quando o menino estivesse completamente recuperado, ele iria visitá-lo fantasiado de Batman.

-Publicidade-
(Foto: Reprodução G1 / Arquivo pessoal)

No dia 19 de dezembro, sábado, no final do plantão de Marco Antônio Alvim de Oliveira, de 54 anos, ele pôde cumprir com a promessa. Pablo recebeu alta e finalmente poderia voltar para casa, mas não antes de receber a visita mais que especial do Batman.

O caso de Pablo foi sério: o motorista, logo depois de atropelar o menino, fugiu sem prestar socorro. O menino teve traumatismo craniano, diversas fraturas ao longo de todo o corpo e precisou ficar em coma induzido para ser tratato na UTI Neonatal e Pediátrica da Santa Casa de Araçatuba.

-Publicidade-
(Foto: Reprodução G1 / Arquivo pessoal)

Em entrevista ao G1, Marco contou que fez a promessa depois de depois que ele e o menino tinham o personagem como paixão em comum. “Quando ele começou a mostrar alguns sinais e melhora e saiu do respirador, comentei com a mãe dele: ‘se ele se recuperar, eu me visto de Batman e vou visitá-lo no hospital’. No dia que eu fiz essa promessa, ele ficou sentado na cama”.

“Foi muito legal poder estimulá-lo, ver essa melhora e a satisfação dele em ver o personagem e ter cumprido a promessa que fiz para ele. Para mim, foi muito prazeroso”, contou o médico, que tem uma coleção cheia de figuras de ação do Batman.

(Foto: Reprodução G1 / Arquivo pessoal)