Meghan Markle e Harry entregam discussões raciais envolvendo Archie na Família Real e detalham segunda gravidez

O casal deu detalhes sobre relação com a família real britânica, durante entrevista com Oprah Winfrey na TV americana

Resumo da Notícia

  • Meghan Markle e Harry concederam uma entrevista exclusiva com à Oprah Winfrey
  • O casal deu detalhes sobre a relação atual com a família real britânica
  • Meghan Markle e Harry anunciaram se o segundo filho do casal será um menino ou uma menina

Harry e Meghan Markle deram uma entrevista exclusiva com à Oprah Winfrey na TV americana, neste último domingo, 07 de março. Durante o bate-papo, que durou duas horas, o casal deu detalhes sobre a relação atual com a família real britânica, racismo e como a saúde mental foi prejudicada após a saída da realeza.

-Publicidade-
Meghan Markle e Harry detalham saída da Família Real, discussões sobre o tom de pele de Archie e falam sobre a gravidez do segundo filho (Foto: Getty Images)

A entrevista começou cenas do casamento real de príncipe Harry com a atriz Meghan Markle, que aconteceu no dia 19 de maio de 2018, na Inglaterra, e na época, foi assistindo por mais de 2 bilhões de pessoas. “Parecia um conto de fadas, uma nova era da monarquia. Até que eles decidiram sair da monarquia. E pela primeira vez eles falam a sua versão da história”, diz Oprah, que ainda ressaltou  que o casal não foi pago para falar com ela e que a entrevista foi gravada na casa de um amigo.

Meghan diz que família real se preocupou com tom de pele de Archie

Durante o bate-papo, Meghan, que que é afro-americana, disse que integrantes da família real não queriam que Archie, que completará 2 anos em 6 de maio, recebesse o título de príncipe, pois demonstraram preocupação sobre o ‘quão escura’ a pele do bebê poderia ser.

“Sem nem saber qual o gênero, eles não queriam nomeá-lo como príncipe ou princesa, o que seria diferente do protocolo, e ele não receberia segurança. Naqueles meses em que estava grávida tivemos uma série de conversas sobre ‘ele não teria segurança, ele não teria título’ e também preocupações e conversas sobre o quão escura a pele ficaria quando ele nascesse”, disse Meghan.

A atriz ainda ressaltou a importância da representatividade. “Eu sou canadense. Sou uma mulher de cor. Sei da importância da representatividade. Alguém que se parece como você nessa posição é um reflexo do mundo. Em todas as épocas, mas especialmente agora”, acredita.

Harry não quis nomear a pessoa que levantou a questão, por considerar que seria ‘muito prejudicial’. “Nunca vou detalhar essa conversa, mas fiquei chocado na época. Não estou confortável em falar disso. Mas foi logo no começo, quando descobrimos a gravidez. Foi quando soube que a criança não teria segurança. Eu estou triste pelo que aconteceu, mas sei que fizemos tudo o que a gente podia, e que fizemos tudo com o maior respeito. Não estou reclamando, temos uma linda família, uma linda casa e os cães. Estamos felizes”, diz  Harry.

Segundo filho de Meghan e Henry

Meghan Markle e Henry abriram o jogo e contaram que esperam uma menina. “É maravilhoso. Estou me sentindo grato. Ter um menino, uma menina, o que mais posso pedir? Agora temos a nossa família. Somos nós quatro e nossos dois cachorros”, disse ele.

Meghan ainda falou sobre a previsão do nascimento da filha. “A bebê nasce no verão”, contou ela. O verão americano começa em 20 de junho. O casal ainda ressaltou que não tem planos para aumentar a família. “Só dois”, afirmaram em meio a risadas. “Minha história com o príncipe tem um final feliz”, disse Meghan.

Harry e Meghan deixam realeza

Em janeiro do ano passado, Harry e Meghan anunciaram a saída da realeza britânica. Os dois abriram mãos dos títulos reais e patronatos, se mudaram para os EUA e não precisam mais assumir compromissos da realeza e nem mesmo contar com o dinheiro público da monarquia.

De acordo com o casal, tudo mudou quando foi anunciado que Archie não teria o título de príncipe. Sendo assim, ele não receberia qualquer segurança. “Fui informado que não teria a segurança. Eu estava desesperado. Fui para todos os lugares que podia para pedir ajuda. Juntos ou separados. Nunca deixamos a família”, falou Harry.

Casamento real de Harry e Meghan Markle

Ao falar sobre os preparativos para a cerimônia do casamento real, Meghan disse que tentou fazer ‘algo leve e divertido’, mas devido ao papel na família real, o casal sabia que o dia seria planejado para o mundo. “Todo mundo sabe que quando você casa, você casa com a família. Eu entrei nessa história inocentemente. Não fiz nenhuma pesquisa, nunca olhei nada a respeito do meu marido on-line”, disse ela, afirmando que não romantizou nada.

Apesar do grande casamento, Meghan disse que ela fez uma cerimônia íntima com Henry no quintal de casa. “A gente queria nosso casamento para gente. Só a gente no nosso quintal”, disse.

Relação com a Rainha Elizabeth II

Apesar dos desentendimentos, ao falar sobre a Rainha Elizabeth II, avó de Harry, Meghan contou que não teve uma grande formalidade a primeira vez que se encontraram. “A rainha sempre foi maravilhosa comigo. Quando saímos a primeira vez, tomamos café juntas. Íamos no carro juntas… ela me presenteou, dividiu um cobertor no carro comigo. Me fez lembrar da minha avó, que era sempre acolhedora”, detalhou a ex-atriz.

Ainda sobre a primeira vez que conheceu a Rainha, Meghan disse que ficou surpresa ao saber que teve que fazer reverência à monarca. A atriz disse que praticou rapidamente a reverência antes de um almoço com a Rainha. “Eu disse (a Harry): ‘É a sua avó’. E ele disse: ‘É a Rainha”, brincou ela.

Meghan ressaltou que nunca havia recebido instruções ou aulas sobre como deveria se portar ou o que deveria fazer. Ela disse que chegou a fazer  pesquisas na internet antes de eventos para aprender os protocolos reais e até mesmo hinos que deveria cantar.

Harry também disse que tem um relacionamento “muito bom” com a avó e falou mais com ela no ano passado — incluindo ligações com vídeo com Archie — do que em muitos anos.

Kate Middleton ‘fez Meghan chorar’

Meghan relembrou uma história que repercutiu há alguns anos atrás com Kate Middleton, mulher do príncipe William. O boato dizia que Meghan deixou Kate às lágrimas durante os preparativos para o casamento por causa de vestidos das meninas, que espalhariam flores durante a cerimônia.

Meghan disse a Oprah que, na verdade, foi o contrário. “Alguns dias antes do casamento ela [Kate] estava chateada com os vestidos e isso me fez chorar”, disse. Ela também contou que Kate se desculpou depois e trouxe flores e um bilhete para fazer as pazes. “Eu não estou compartilhando isso sobre Kate para ser depreciativa sobre ela”, ressaltou Meghan, que ainda disse que Kate era ‘uma boa pessoa’, mas esperava que as histórias falsas fossem corrigidas.

Harry fala sobre relação com Príncipe Charles e William

Harry afirmou que o pai, o príncipe Charles, herdeiro do trono, se recusou a atender as chamadas em um momento. Ele ainda ressaltou que ficou muito decepcionado com o pai e que a falecida mãe, Diana, ficaria zangada e chateada com a forma como a família real tratou a esposa Meghan.

“Eu me senti muito decepcionado porque ele [Charles] passou por algo semelhante. Ele sabe como é a dor. E Archie é seu neto. Eu sempre vou amá-lo, mas muitas mágoas aconteceram”, ressaltou. “Minha família me isolou financeiramente. Mas eu tenho o que minha mãe me deixou e sem isso não teríamos sido capazes de fazer isso [deixar a realeza]”, completou.

Harry também descreveu o relacionamento com seu irmão mais velho, príncipe William, como ‘distante’. “Eu amo meu irmão, fomos ao inferno juntos. Mas tomamos caminhos diferentes. A relação é ‘espaço’ no momento. O tempo cura tudo”, disse.

Pedido de ajuda de Meghan

Meghan também falou sobre como se sentiu solitária depois de entrar para a Família Real e a perda de sua liberdade. “Quando me juntei àquela família, foi a última vez, até virmos para cá, que vi meu passaporte, minha carteira de motorista, minhas chaves, tudo isso é entregue a eles”, disse ela.

A ex-atriz disse que a saúde mental piorou tanto que ‘não queria mais estar viva’. “Fui à instituição (da Família Real) e disse que precisava buscar ajuda em algum lugar, disse que nunca tinha me sentido assim e precisava ir a algum lugar, e me disseram que não poderia, que isso não seria bom para a instituição”, contou.

Harry usou uma história de livro infantil para falar da liberdade da esposa. “Eu vi A Pequena Sereia. Ela se apaixona pelo príncipe. E por causa do príncipe ela perde a sua voz. Mas no final do filme, ela recupera a voz. Não sabia o que fazer. Não esperava isso. Essa não é o tipo de conversa que você tem. Eu fiquei com vergonha de falar que a Meghan precisava de ajuda. Eu não tinha ninguém”, relembra.

Ele ainda lamentou a falta de apoio por parte da família real. “Isso não vai terminar bem, para ninguém. O jeito como eu via. Como as coisas estavam indo, e específico pela raça dela. Minha família poderia ter mostrado suporte e não mostrou. Até o dia que mulheres membros do parlamento defenderam a Meghan. E em três anos ninguém da minha família fez isso”, disse Henry.