Dia Mundial do Meio Ambiente: como estimular o cuidado à natureza desde cedo com o seu filho

Para discutir o meio ambiente hoje temos que começar do início. É difícil falar sobre os cuidados com o planeta quando construímos uma distância enorme entre nós e a natureza – mas chegou a hora disso mudar

Resumo da Notícia

  • Esse período de isolamento diminuiu muito a poluição e provaram o que a gente já sabia: precisamos cuidar do nosso planeta
  • Novos hábitos entraram em nossas rotinas e com certeza vieram para ficar
  • Vamos juntos parar, pensar e agir (agora!) para que lá na frente tenhamos planeta e famílias felizes
O planta precisa respirar! (Foto: Getty Images)

Como é a sua relação com a natureza? Como você se comporta quando o assunto é meio ambiente? Como você cuida do planeta? E como você imagina o futuro dele? Essas são apenas algumas das questões que têm nos feito parar para pensar neste período nada fácil de isolamento social por conta da pandemia de Covid-19. Com certeza este momento que estamos passando mudará completamente o nosso futuro e a nossa maneira de pensar e agir quando o assunto é a natureza. Em poucas semanas de diminuição significativa de carros nas ruas e de fábricas funcionando, por exemplo, pôde-se perceber melhora na qualidade do ar de cidades do mundo inteiro – para se ter ideia, em Veneza foi possível até ver as águas dos canais ficarem claras novamente depois de muitos anos! Imagens de satélites da NASA mostraram as diferenças da concentração de dióxido de nitrogênio, que é liberado por carros, usinas e instalações industriais, e provaram o que a gente já sabia: precisamos cuidar do nosso planeta.

-Publicidade-

(Re) começa em casa
Novos hábitos entraram em nossas rotinas e com certeza vieram para ficar. Se antes você era daquelas pessoas que tinham agonia de pisar descalças na grama, saiba que você e a maior parte dos seres humanos sofriam (ou sofrem) de naturofobia – que nada mais é do que a dificuldade em lidar com a natureza e aceitar o que é natural. “As pessoas não gostam do que é natural, muitas vezes têm medo, pavor, nojo”, diz Claudia Visoni, jornalista e ambientalista, mãe de Alex e Julieta. São pequenas ações que mostram o quanto a gente possui uma certa fobia pela natureza e essa atitude não ajuda em nada. Vamos além, não queremos discutir apenas sobre a aversão das pessoas à vegetação, mas falar também sobre os animais. Temos o costume de querer acabar com qualquer inseto que aparece, e manter as coisas 100% limpas. Um exemplo ótimo dessa prática seria a nossa “neura” de que as crianças precisam estar sempre impecáveis. Melhor não deixar engatinhar no chão sujo, nada de banho de chuva ou se sujar com a comida durante as refeições.

É um choque de realidade parar para pensar e perceber que, se a gente não cuidar, se não mudarmos o nosso comportamento agora, não vai ter planeta (Foto: iStock)

Mudança de rota

-Publicidade-

Com todo esse distanciamento fica difícil se envolver quando o assunto é cuidar do meio ambiente. Sejamos sinceros, o que acontece na maioria das vezes, se você não é um ativista engajado, é brotar uma indisposição para ler um texto sobre como economizar água. “Como a gente pensa que cuidar do meio ambiente é uma coisa distante, torcemos para tudo dar certo no final e não mudamos de comportamento”, afirma Adriana Charoux, especialista do Greenpeace na Amazônia, mãe de Tom. Estreitar a relação entre você e o planeta é o primeiro passo para colocá-lo no topo das suas prioridades quando o assunto é o futuro e seu filho vai seguir os seus passos por causa daquela palavra que a gente ama: o exemplo.

Não vamos ter planeta B

Estar distante de todos fisicamente nos fez pensar e reinventar nossa maneira de criar vínculos – seja com pessoas, ou com o nosso planeta. Vamos sair desta transformados e transformando também o nosso futuro e dos nossos filhos. É um choque de realidade parar para pensar e perceber que, se a gente não cuidar, se não mudarmos o nosso comportamento agora, não vai ter planeta. É assustador, mas é a verdade – e não existe mundo ou plano B. Vamos juntos parar, pensar e agir (agora!) para que lá na frente tenhamos planeta e famílias felizes.

Agora, você pode receber notícias da Pais&Filhos direto no seu WhatsApp. Para fazer parte do nosso canal CLIQUE AQUI!

-Publicidade-