Mendel Bydlowski desabafa pela primeira vez após perda do filho de 5 anos

O jornalista da ESPN perdeu o filho em um acidente trágico quando estava viajando com a família. Arthur tinha apenas 5 anos quando tudo aconteceu

Resumo da Notícia

  • Jornalista Mendel Bydlowski se pronuncia pela primeira vez após perda do filho
  • O menino faleceu de forma trágica há aproximadamente 6 meses
  • Ele tinha 5 anos
  • Veja o relato

O jornalista Mendel Bydlowski, de 38 anos, perdeu o filho Arthur de uma forma trágica, quando a criança tinha apenas 5 anos. O menino estava brincando com o irmão mais novo, de menos de 2 anos, na sala de um apartamento do quinto andar. O apartamento era em uma praia, onde eles, Mendel e Juliana, a mãe dos meninos, passavam as férias. Foi então que, em um determinado momento, quando Juliana estava olhando os meninos, Arthur se sentou no chão, perto da janela fechada, e apoiou as costas no vidro. O vidro quebrou e o garoto acabou caindo.

-Publicidade-
Mendel Bydlowski faz relato após perder o filho (Foto: reprodução Instagram)

A cena aconteceu há pouco mais de 6 meses e atualmente, em uma entrevista à UOL, o jornalista falou pela primeira vez sobre como está lidando após ter sofrido uma das maiores perdas que um pai pode sofrer. “No primeiro momento, é um impacto que te paralisa. Você não sabe o que fazer e nem como viver. Com o tempo, passa por outros processos. Tem uma tristeza profunda, um questionamento e a cabeça fica desorganizada”, começou contando o jornalista da ESPN.

O famoso seguiu, falando sobre a situação em que se encontra atualmente. “Hoje em dia, consigo pensar que é como se a nossa família estivesse caminhando e lá na frente visse toda aquela vida planejada. Só que aparece um buraco no meio do caminho e a gente cai dentro dele. A primeira intenção é escalar o buraco e tentar voltar à vida que tinha antes. Mas eu acabo caindo de novo e me machucando. O ponto em que a gente está agora é o que desiste de voltar ao que era antes e cavar um túnel nesse buraco. Eu não sei onde vai dar esse túnel. Só sei que tem um caminho em que é preciso ir bem devagar. Com paciência e muita ajuda”.

-Publicidade-
Jornalista fala pela primeira vez sobre perda do filho (Foto: reprodução Instagram)

Ele também contou que parte dele se foi junto com o filho, uma vez que, depois que se tornou pai, todos os planos para o futuro incluíam a criança. “O Mendel que eu conhecia morreu junto com o Arthur”, disse. “Tive que deixar o pai do Arthur lá pra trás. E viver com a memória e a saudade dele, mas tentando construir um novo Mendel devagarzinho. Que tem o Arthur de outra forma. E que tem o Tomaz [o filho caçula], e que tem a Juliana, e que tem o meu trabalho”.

Atualmente, o pai doou as coisas do filho e contou que sofre ao ver alguns detalhes e fotos. “Mas, à medida que você vai olhando e se acostumando com elas, dá para absorver de uma maneira menos dolorida. Você vai experimentando e vendo o que machuca menos. Os objetos que o Arthur era mais ligado nós colocamos numa caixa que ainda não dá para abrir. Mas o resto a gente doou porque não conseguia ver”, contou.

Segundo o que ele falou na entrevista, algumas coisas ainda são difíceis demais de encarar. Outras, mais fáceis. Ele comentou que nada irá tirar a dor que passou, mas que, aos poucos, estava tentando aprender a construir novos caminhos rumo à felicidade. “Espero que, no futuro, eu tenha uma resposta melhor sobre o meu sofrimento, sobre quem eu sou agora, sobre o que foi tudo isso que aconteceu. Eu só não busco o porquê. Nem no aspecto técnico de um acidente tão surreal, nem no espiritual. Eu vou atrás do que fazer e como fazer daqui pra frente. E sempre com o Arthur dentro de mim”, finalizou.

-Publicidade-