Menina escreve carta sobre o futuro há 50 anos e previsões são assustadoramente exatas

Uma carta de 50 anos atrás, escrita por uma estudante, foi encontrada na parte lateral de um antigo sofá e surpreendeu os leitores com as previsões

Resumo da Notícia

  • Uma carta de 50 anos atrás, escrita por uma estudante, foi encontrada na parte lateral de um antigo sofá
  • No texto, uma menina de 11 anos diz como imagina a vida em 1980
  • Embora a carta tivesse algumas fantasias um tanto rebuscadas a jovem acertou em cheio com outras previsões

Uma carta de 50 anos atrás, escrita por uma estudante, foi encontrada na parte lateral de um antigo sofá por Rosa Beckerton e o marido, Peter, de 67 anos, enquanto estavam reformando o móvel para um cliente. O escrito foi realizado em 23 de fevereiro de 1969.

-Publicidade-

No texto, uma menina de 11 anos diz como imagina a vida em 1980. Embora a carta tivesse algumas fantasias um tanto rebuscadas – incluindo a sugestão de Willy Wonka de obter todas as refeições por um chiclete – a jovem acertou em cheio com outras previsões.

Na verdade, a estudante parece ter previsto a plataforma de videochamadas ‘Zoom’ – sugerindo que todas as chamadas telefônicas no futuro seriam acompanhadas por imagem.

-Publicidade-
Eles se surpreenderam ao encontrar a carta (Foto: Reprodução/ The Sun)

“Em 1969, o telefone era uma caixa quadrada com um receptor em cima. Mas agora ainda é um receptor, mas você pode ver as pessoas com quem está falando, pois há uma tela. É um pouco como uma televisão”, escreveu a garota.

Rosa ainda contou como encontraram a carta: “Meu marido trabalha como estofador e encontrou a nota na parte lateral de um sofá que estava estofando para um cliente. Eles não tinham ideia de que estava lá. Foi realmente surpreendente”. “Quando meu marido me mostrou eu não pude acreditar”, concluiu a mulher.

Leia a carta

“O ano é 1980, a hora é meia hora depois da poeira lunar. Aqui estou eu com vinte e um anos de idade, sentada em uma almofada de ar. Lembro-me de quando tinha 11 anos e estava na escola, as coisas mudaram desde então.

Por exemplo, a televisão mudou. Em 1969 era uma caixa quadrada com botões na frente. Agora é uma tela grande com botões no braço da cadeira para ligar e desligar.

Sou casada e trabalho em um banco, lidando com dinheiro. Sempre quis ser bancária. Bem, meu marido vai voltar do trabalho, mas não tenho chá para preparar como tínhamos em 1969.

Tudo o que temos é um pedaço de goma de mascar para comer. Você pode pensar que não temos o suficiente para comer, mas se engana, porque esse pedaço de goma de mascar é comida.

A carta foi escrita originalmente em inglês (Foto: Reprodução/ The Sun)

Você mastiga este chiclete e pode sentir a comida descendo. Você também pode sentir o gosto. Não há nenhuma bagunça para lavar depois. Aqui está meu marido agora. ‘Aperte o botão, querido’. O que quero dizer é apertar o botão para abrir a porta, você vê que nossas portas são elétricas.

‘Olá, querida’, disse ele. ‘Só tenho de ligar para o meu amigo’. ‘Bem, é melhor você se arrumar um pouco’, eu disse. Em 1969, o telefone era uma caixa quadrada com um receptor em cima.

Mas agora ainda é um receptor, mas você pode ver as pessoas com quem está falando, pois há uma tela. É um pouco como uma televisão. Realmente, quando penso naqueles dez anos, as coisas mudaram tremendamente”.

-Publicidade-