Menina se emociona ao ganhar pelúcia feito com camiseta do pai falecido

Ela perdeu o pai há 3 anos e até os dias de hoje chora de saudades

Resumo da Notícia

  • Menina chora ao ganhar urso de pelúcia feito com camiseta do pai falecido
  • Ela perdeu o pai há 3 anos
  • Até hoje ela e a mãe choram de saudades dele

Em fevereiro de 2018, Deborah, com 5 anos, perdeu o pai após sofrer um acidente de moto no caminho para o trabalho, em Campo Grande, MS, que pouco tempo depois não resistiu aos ferimentos. Hoje, com 8 anos, a menina ganhou um urso de pelúcia feito com uma camiseta do pai e, saudosa, se emocionou com o presente.

-Publicidade-

Quando a garota abriu o presente, reconheceu imediatamente o tecido. Além de uma pulseira do pai que estava pendurada dizendo “Foco, força e fé”. “Minha filha era pequena, o pai era o herói dela, o príncipe dela e eu quis evitar o sofrimento”, lembrou a mãe, Michelle, ao Campo Grande News. 

Menina chora ao ganhar urso de pelúcia feito com camiseta do pai
Menina chora ao ganhar urso de pelúcia feito com camiseta do pai (Foto: Reprodução / Campo Grande News)

“Eu busquei a camisa que havia deixado com a minha cunhada, irmã dele, e decidi fazer o urso. A escolha do urso é porque ele também era grandão, forte e acho que o urso também representa essa força dele”, começou contando.

“Todos os anos, ele aparecia na escola ou no aniversário com um buquê de flores. Ela ainda lembra-se da última vez que ele a presenteou”, disse. “Ele dizia que gostava de tratá-la como uma princesa e que ela entendesse como uma mulher merece ser respeitada, para que um dia, quando encontrasse um parceiro na vida, ela pudesse identificar como merecia ser valorizada”, relembrou ela. “Ele sempre foi uma pessoa muito afetuosa. Thompson era um homem do bem, de muitos amigos, um marido maravilhoso”, contou.

Michelle contou que até hoje, sente muitas saudades do marido e às vezes passa minutos abraçada à filha chorando pela falta. “Mas agora, com o ursinho, acredito que ela terá uma lembrança bonita do pai, além de todos os gestos carinhosos que ele deixou durante os sete anos que pode viver com ela”, finalizou a mãe.