Menino com paralisia cerebral canta após ouvir dos médicos que nunca conseguiria falar

Malakai recebeu o diagnóstico aos 17 meses de vida. Os danos foram consequência do nascimento prematuro

Resumo da Notícia

  • Malakai nasceu prematuro e foi diagnosticado com paralisia cerebral
  • Por conta da condição, os especialistas disseram que possivelmente o menino não iria falar nem andar
  • Mas ele superou todas as expectativas e emocionou várias pessoas nas redes sociais

A realidade pode surpreender muitas vezes e esse foi o caso de Malakai. O garoto, hoje com 3 anos de idade, foi diagnosticado com paralisia tetraplégica espástica (cerebral) aos 17 meses de vida e os pais ouviram dos médicos que ele provavelmente nunca engatinharia, andaria ou falaria.

-Publicidade-
O menino está com 3 anos de idade (Foto: reprodução/Good Morning America)

Os danos foram consequência de um parto precoce. O bebê nasceu prematuro no Canadá, pesando 3,8 libras (cerca de 1,70kg). Por conta desse adiantamento, Malakai precisou ficar na UTI por 12 dias.

Atualmente, o menino superou todas as expectativas e consegue andar com ajuda de um andador, falar e cantar! E isso tem bastante relação com o posicionamento dos pais, que imediatamente após o diagnóstico, começaram a trabalhar com diversos especialistas.

“Fazemos exercícios diários e fisioterapia em casa, junto com consultas de terapia no Ottawa Childrens Treatment Center a cada duas semanas, na esperança de que possamos construir músculos em seu núcleo e ajudar a soltar os músculos tensos em seus braços e pernas”, contou a mãe, Lindsay, no GoFundMe.

O progresso foi alcançado com a ajuda de especialistas de diferentes áreas da saúde (Foto: reprodução/Good Morning America)

Malakai também está aprendendo a se sentar sozinho e cada pequena ou grande vitória é extremamente comemorada pela família. Ao Good Morning America, os pais revelaram que a maior surpresa foi perceber que ele tinha habilidades para falar.

Durante a entrevista, o menino respondeu que adora cantar e fez um trechinho da música “Old MacDonald Had a Farm”. A mãe também comentou que a maior recompensa é ver a reação do filho com as próprias conquistas: “Essas pequenas coisas trazem tanta alegria para nossa família”.

Confira mais sobre essa história a seguir: