Menino de 11 anos salva mãe após mal-estar e é elogiado: “Teve muita maturidade”

O garoto vive em Praia Grande, no litoral de São Paulo. Um dos policiais que atendeu o caso reforçou que o tempo foi crucial

Resumo da Notícia

  • No início desta semana, um menino de 11 anos agiu rápido e salvou a mãe que havia desmaiado após passar mal em casa;
  • O garoto que vive em Praia Grande, no litoral de São Paulo, acionou o socorro;
  • Após o incidente, a mãe disse que se orgulha do filho.

No início desta semana, um menino de 11 anos agiu rápido e salvou a mãe que havia desmaiado após passar mal em casa. O garoto que vive em Praia Grande, no litoral de São Paulo, acionou o socorro. Após o incidente, a mãe disse que se orgulha do filho.

-Publicidade-

A mulher estava em casa sozinha com os dois filhos quando passou mal. Ao perceber a mãe desmaiada, o mais velho ligou imediatamente para um hospital. Em seguida, a atendente checou as informações e encaminhou uma viatura até o local do chamado.

Menino acionou o socorro e salvou a mãe (Foto: Freepick)

Um dos policiais que atendeu o caso reforçou que o tempo foi crucial. E afirmou: “logo checamos os sinais vitais, ela estava com o pulso bem fraco e nossa preocupação foi acionar o Samu o mais rápido possível”. O oficial ainda disse que logo em seguida, uma equipe do Samu chegou e socorreu a mulher imediatamente. Enquanto isso, os vizinhos cuidaram das crianças até o atendimento acabar.

-Publicidade-
Filho salva mãe de mãe de mal-estar (Foto: Freepick)

O oficial ainda elogiou: “O menino teve muita maturidade em buscar socorro e conduzir tudo. Já o menorzinho não estava entendendo muito bem o que acontecia. Isso mexe com a gente, pois temos que manter a calma e a serenidade para resolver tudo da melhor forma. E foi o que aconteceu”, finalizou.

A mãe se recuperou e contou que o mal estar se deu porque ela não havia tomado uma medicação para pressão. Em casa, a mulher fez questão de dizer que se orgulha muito dos filhos e que se sente muito bem acompanhada dos “filhos corajosos”.