Família

Menino de 4 anos atira sem querer na mãe grávida de 8 meses

Que perigo!

Izabel Gimenez

Izabel Gimenez ,filha de Laura e Décio

Que perigo! (Foto: Getty)

Mais um caso envolvendo armas e crianças chocou os Estados Unidos. Dessa vez, aconteceu em Seattle, Estados Unidos. De acordo com o jornal americano The Washigton Post, um garoto de 4 anos encontrou uma arma carregada em casa debaixo do colchão e, sem querer, atirou no rosto da mãe que estava grávida de 8 meses.

De acordo com o porta-voz do Departamento de Polícia de Kings County, responsável pelo caso, a arma foi encontrada embaixo da cama da mãe. Ela ficava lá, porque ultimamente estavam acontecendo alguns crimes no bairro, e o padastro queria estar protegido. A mãe teve que ser levada as pressas ao hospital Hearborview Medical Center. Ainda não se tem informações sobre o estado da mulher ou do bebê.

Uma lei estadual foi criada recentemente e pode criminalizar o portador da arma, se ela não estiver armazenada com segurança. Porém, como a arma não tem registro, a polícia ainda precisa investigar o caso para determinar se o namorado da mãe será ou não indicado, já que ele é o dono.

Arma não é brinquedo

Até os 10 anos de idade, seu filho não tem capacidade de julgar os riscos, de saber como segurar uma arma e, consequentemente, seguir regras de segurança. Confira dicas de prevenção da ONG Criança Segura:

  •  De preferência, não tenha armas. A menos que sua profissão exija esse tipo de equipamento, desarme-se;
  • Se você possui uma arma, entenda o risco que está correndo e informe-se sobre as medidas de segurança necessárias para evitar problemas sérios;
  • Sempre guarde as armas de fogo descarregadas, travadas e fora do alcance das crianças;
  •  Guarde as munições também em local trancado, separado da arma e longe do alcance das crianças;
  • Mantenha as chaves e as combinações da tranca ou cadeado escondidas em lugares separados das armas e munições;
  •  Faça um curso de uso, manutenção e armazenamento seguro de armas;
  • Enfatize o perigo das armas para as crianças e explique que elas não são brinquedos;
  • Ensine as crianças a nunca tocarem em uma arma e a informarem a um adulto caso encontrem uma ou vejam outra criança com esse equipamento.

Leia também:

Criança é levada às pressas ao hospital após tomar sorvete e o motivo é assustador

Triste! Adolescente dispara tiros contra colegas em escola

Menina de 2 anos é destaque em tiro com arco e flecha