Menino de 4 anos encomenda 918 picolés por engano e vaquinha online ajuda mãe a pagar pedido

O caso aconteceu no bairro do Brooklin, nos Estados Unidos, onde Jennifer Bryant levou um susto ao perceber um rombo de mais de US$ 2 mil na sua conta bancária!

Resumo da Notícia

  • Jennifer Bryant levou um susto no bairro do Brooklin, nos Estados Unidos, ao descobrir que o filho tinha feito um pedido de mais de US$ 2 mil em picolés do Bob Esponja
  • A mãe conta que o filho é autista e apaixonado pelo desenho - e não entendeu a gravidade da situação enquanto fazia encomendas do sorvete na Amazon
  • Jennifer precisou criar uma vaquinha online para arcar com os custos da confusão - e arrecadou dinheiro suficiente para enviar o filho para a faculdade!
  • A Amazon se solidarizou com a situação da família - e sugeriu a doação que a mãe quisesse por parte da empresa depois que os custos foram cobertos pela vaquinha

Jennifer Bryant levou um susto ao perceber, certo dia, um rombo de mais de US$ 2 mil na sua conta bancária – pouco mais de R$ 13 mil! Até que descobriu que o filho de 4 anos, Noah, havia feito um pedido gigante de picolés do Bob Esponja no site da Amazon – e contou a história em seu Instagram, confira!

-Publicidade-
Jennifer é mãe de Noah, de 4 anos, diagnosticado com autismo (Foto: Reprodução/ Instagram)

A mãe contou que o filho tem transtorno do espectro autista (TEA) e é apaixonado pelo desenho – por isso pediu centenas de seus picolés preferidos para a casa da tia no Brooklin, bairro dos Estados Unidos. Noah teve a ideia depois que a mãe se recusou a comprar algumas caixas da guloseimas no mercado, que eram muito caras, e decidiu resolver o problema sozinho!

Jennifer recorreu a uma plataforma de vaquinhas online para que desconhecidos a ajudassem a arcar com o custo astronômico da confusão do menino – e não esperava tanto apoio. Além do dinheiro arrecadado ter sido o suficiente para cobrir os custos dos sorvetes, a mãe contou que possui uma quantia mais que necessária para mandar Noah para a faculdade!

A mãe conseguiu arrecadar dinheiro para pagar a faculdade de Noah! (Foto: Shutterstock)

Além disso, até a própria Amazon se solidarizou com a história: depois de perceber que o valor da compra havia sido pago, a empresa ofereceu para a família qualquer doação que ela desejasse e que estivesse no estoque da plataforma. Jennifer brinca que toda a história é, agora, uma grande piada – e que Noah não entendeu a gravidade do ocorrido enquanto assistia a mãe em completo desespero. Ela conta que o filho inclusive questionou se o desespero da família era pela falta de picolés suficientes para todos.