Menino de 4 anos passa por cirurgia de vasectomia por engano e médico responde por negligência

Segundo nota do hospital dada para um jornal americano local, o médico responsável pela cirurgia não tinha nenhum caso de negligência. A família está processando o hospital

Resumo da Notícia

  • A família está processando o hospital
  • Segundo nota do local, o médico responsável não tinha caso de negligência
  • O receio da família é a cirurgia prejudicar o futuro do garoto

Família nos Estados Unidos está processando um hospital que fez uma vasectomia não intencional em um garoto de 4 anos. O menino foi internado para realizar uma cirurgia para tratar hérnia, e o cirurgião cortou os canais que levam o espermatozoide para a uretra.

-Publicidade-

O acidente aconteceu no hospital Texas Children’s Hospital, em Houston, Texas. O maior receio da família foi que o menino precise de outras cirurgias para ter filhos quando for adulto ou que se torne infértil para sempre.

Segundo o jornal americano, Fox 26 Houston, o advogado da família disse sobre as consequências para o garoto no futuro: “Você sabe que coisas acontecem na vida, mas não espera que seja nas mãos de um cirurgião que simplesmente cortar um pedaço errado do corpo”.

O garoto foi submetido a uma cirurgia por cont\ de uma hérnia (Foto: Getty Images)

Segundo os médicos do hospital, conforme dados do jornal americano, o médico responsável pela cirurgia não tinha histórico de negligência. O porta-voz do hospital também disse que o caso não terá repercussões públicas: “A prioridade máxima do Texas Children’s Hospital é a saúde e o bem-estar do nosso paciente. Devido aos requisitos de privacidade, nós não podemos comentar”.