Menino é hospitalizado após agressão de colega da escola e recebe carta inesperada

Diego José, de 11 anos, sofreu uma fratura no nariz depois que outra criança o socou e usou xingamentos homofóbicos contra ele

Resumo da Notícia

  • Um menino de 11 anos recebeu uma carta para lá de inesperada após ter sofrido um ataque na escola onde estuda, em Cartagena, na Espanha
  • O recado veio do primeiro-ministro do país, Pedro Sánchez
  • O líder enviou a mensagem de solidariedade à criança depois de saber o que o pequeno tinha sido agredido por um colega

Um menino de 11 anos recebeu uma carta para lá de inesperada após ter sofrido um ataque na escola onde estuda, em Cartagena, na Espanha. O recado veio do primeiro-ministro do país, Pedro Sánchez. O líder enviou a mensagem de solidariedade à criança depois de saber o que o pequeno tinha sido agredido por um colega da mesma idade que o perseguia.

-Publicidade-
O caso aconteceu na Espanha (Foto: Getty Images)

Segundo o G1, Diego José precisou ser hospitalizado com uma fratura no nariz depois do acontecido. O agressor teria dado um soco na criança e usado termos homofóbicos para xingar a vítima. A família prestou queixa na delegacia assim que viu o estado do filho.

O menino que agrediu o outro foi suspenso por 15 dias da escola, mas um baixo-assinado pedindo a sua expulsão está ganhando força na região. O primeiro-ministro escreveu uma carta para a criança a chamando de “valente” e dizendo que o “ódio não tem futuro no nosso país”. A imagem foi publicada nesta quarta-feira, 18 de novembro, por um dos parlamentares da Catalunha, Arnau Ramírez.

-Publicidade-

Esquenta Black Friday

A Black Friday da Amazon está chegando! Para conferir os produtos que já estão com descontos incríveis em todas as categorias do site, clique AQUI! Você ainda pode ter frete grátis e promoções exclusivas ao se tornar um membro Prime! A assinatura é de apenas R$ 9,90 por mês e também garante entrega mais rápida, acesso a filmes, séries e desenhos animados. Inscreva-se e ganhe 30 dias grátis CLICANDO AQUI.

A carta foi escrita pelo líder do país (foto: Reprodução / Instagram)

“Os funcionários de saúde do hospital Santa Lúcia, de Cartagena, cuidaram das suas feridas para que você possa voltar a pedalar o quanto antes, como você gosta. Agora é a nossa vez, de todos os seus amigos e das instituições públicas, de cuidar das feridas que não são visíveis, as feridas do coração, para garantir que você possa voltar às aulas e aproveitar e aprender”, disse Sanchéz ao garoto.

“Quero te dizer que, aconteça o que acontecer, você é um valente, e os valentes como você acabam encontrando a verdadeira felicidade na vida”, afirma na carta. O texto termina dizendo: “Quero te dizer que o ódio não tem futuro no nosso país. Mas você, sim, você tem todo o futuro adiante”.

Seminário Internacional Pais&Filhos

O 10º Seminário Internacional Pais&Filhos – Quem Ama Cria está chegando! Ele vai acontecer no dia 1 de dezembro, com oito horas seguidas de live, em formato completamente online e grátis. E tem mais: você pode participar do sorteio e ganhar prêmios incríveis. Para se inscrever para os sorteios, ver a programação completa e assistir ao Seminário no dia, clique aqui!

-Publicidade-