Menino que nasceu sem os braços se torna campeão de surfe e família comemora: “Um guerreiro”

Richard Petterson Dias Barbosa tem apenas 18 anos e já chama a atenção pela habilidade na prancha. Segundo a mãe, o menino sempre se interessou muito por esporte

Resumo da Notícia

  • Richard Petterson Dias Barbosa tem 18 anos e já praticou jiu-jitsu, judô e capoeira - mas, atualmente, deseja seguir carreira no surf
  • O jovem nasceu sem os dois braços por causa de uma condição chamada amelia bilateral congênita, que o fez nascer sem os braços
  • Segundo a mãe de Richar, Érica, a condição do filho nunca o impediu de ir atrás do que gostava

Richard Petterson Dias tem 18 anos e já é destaque do surfe em Itanhaém, no litoral de São Paulo. Nascido sem os dois braços, o atleta contou ao portal G1 que já praticou judô, capoeira, anda de skate e até já foi campeão de jiu-jitsu. Contudo, o sonho do menino está agora nos mares – e Richard já é destaque do surfe!

-Publicidade-

“Meu amigo falou: ‘vamos fazer um surfe?’. Bateu aquele medo na hora, mas eu fiz uma aula, duas, e continuo até hoje”, comentou sobre o início no esporte. Richard ainda relata que depois de muito treino, conseguiu pegar o ritmo das ondas, “Tive mais dificuldade nas pranchas para ‘dropar’ na onda, mas fui aperfeiçoando, aprendi a treinar e competir”, declarou. 

Apenas um mês depois de iniciar a prática do surfe, Richard já garantiu o primeiro lugar em um campeonato. E, ainda em entrevista, desabafou sobre este ser o primeiro passo para uma carreira que têm bastante vontade de seguir, “Me incentiva, faz eu continuar em pé e a buscar os meus objetivos. Foi gratificante, uma experiência muito boa. Agora, o negócio é treinar forte e ir para o próximo campeonato”, completou.

A mãe de Richard, Érica, destacou a determinação que sempre enxergou no filho – mesmo com os problemas. “Eu fico muito orgulhosa, porque é uma superação, ele é guerreiro, vai atrás das coisas”. Com essa determinação, a mãe ainda relatou que deseja muita felicidade para o filho, “Espero que ele tenha um futuro e realize todos os sonhos”.

Os instrutores de Richard se impressionaram com a sua determinação em cima da prancha (Foto: Reprodução/ G1/ Maria Eduarda Nascimento)

Os instrutores do menino também se mostraram muito orgulhosos da trajetória de Richard, desde o seu ingresso na prática do surfe. Ele contaram também ao G1 sobre a adaptação dos treinos à condição do menino – que em nenhum momento se desanimou em aprender a surfar:

“É satisfatório levar esse menino para surfar, dá para ver no olho dele a garra, a força de vontade, e isso anima a gente que é professor”, declarou Hiego Gomes sobre a experiência de ser professor e treinador de Richard. Gabriela Rodrigues, outra responsável pelos treinos do surfista, se mostrou cada vez mais surpreendida pelas habilidades do menino, “É impressionante ver a garra dele, a gente fica sempre atento, mas ele é do mar, bem evoluído!”, finalizou.

11º Seminário Internacional Pais&Filhos – A Sua Realidade

Está chegando! O 11º Seminário Internacional Pais&Filhos vai acontecer no dia 1 de junho, com oito horas seguidas de live, em formato completamente online e grátis. E tem mais: você pode participar dos sorteios e ganhar prêmios incríveis. Para se inscrever para os sorteios, ver a programação completa e assistir ao Seminário no dia, clique aqui!