Menino reencontra avô durante quarentena com ajuda de “capa mágica” para amenizar a saudade

Miguel, de cinco anos, resolveu que iria visitar o avô de 72 anos durante a quarentena porque a saudade estava grande. Para que isso fosse possível, ele contou com a ajuda da mãe e de uma capa mágica

Resumo da Notícia

  • Miguel, de cinco anos, teve uma ótima ideia para poder visitar o avô
  • Por causa da pandemia do coronavírus, seu José Joca não via o único neto há muito tempo
  • O menino usou uma "capa mágica" que permitiu o reencontro
Menino usa “capa mágica” para poder abraçar o avô (Foto: Reprodução G1 / Arquivo pessoal)

Saudade é certamente um dos sentimentos que mais está sendo falado e sentido pelas pessoas por causa do isolamento e distanciamento social. Enquanto alguns não podem ver familiares por muito tempo, outros encontram maneiras de dar um abraço ou ver, pelo menos de longe, uma pessoa querida e diminuir a saudade.

-Publicidade-

Miguel, um menino de apenas cinco anos que mora em Fortaleza com a mãe, teve uma idéia criativa para conseguir ver e abraçar o avô depois de tanto tempo distantes um do outro: uma “capa mágica”.

Usando um plástico para se cobrir dos pés à cabeça, Miguel criou uma capa protetora para finalmente ver seu José Joca. Para completar o “look mágico”, ele escreveu um recado simples mas muito significativo: em papel cortado em formato de coração, Miguel escreveu “eu amo você” e foi encontrar o avô. O reencontro foi emocionante e seu José, ao ver o único neto depois de tanto tempo, não segurou o sentimento!

-Publicidade-

-Publicidade-