Menino surpreende ao levar comida para irmã inspirado em motoboys: “Gosto do trabalho deles”

Vitor César de Andrade estava levando comida para sua irmã que mora duas quadras da casa dele

Resumo da Notícia

  • Vitor César de Andrade tem apenas 11 anos e surpreendeu a todos
  • O menino foi levar almoço até a irmã que mora perto de sua casa
  • Porém Vitor decidiu assumir o papel de motoboy e até fez um desenho na mochila

Um menino de apenas 11 anos surpreendeu a todos quando assumiu o papel de motoboy por livre e espontânea vontade. Vitor César de Andrade estava levando almoço para a irmã que mora a duas quadras de sua casa, a família mora no bairro  Jardim Santa Esmeralda, em Sorocaba (SP).

-Publicidade-

Ao portal do G1, a mãe do Vitor, Márcia Regina Cunha, de 45 anos, contou que a filha mais velha se mudou para bem próximo da família e fez um combinado para os almoços dela. “Minha filha se mudou e como ela tem uma bebê de 1 aninho e somente as duas que almoçam na casa dela, combinamos de eu fazer o almoço. Eu preparo e na maioria das vezes o Vitor leva de bicicleta. Ele pede, insiste em levar e sempre anuncia a chegada do pedido como se fosse um entregador”.

Na última semana Vitor pegou um caderno e fez um desenho igual ao que os motoboys tem na mochila. “No dia seguinte, terminei o almoço e eu iria levar de carro pois estava chovendo, mas ele insistiu em leva. Então, esperei parar de chover e lá ele se foi com a mochila. No portão eu tirei a foto para mostrar ao pai dele e chegando na minha filha, ela me mandou mensagem”, contou a mãe.

Vitor fez um desenho igual a dos motoboys na mochila
Vitor fez um desenho igual a dos motoboys na mochila (Foto: Reprodução/G1)

A filha Rafaela Regina Cunha, 27, recebeu a foto tirada pela mãe do menino e publicou nas redes sociais, no post a mulher disse que ele sempre chega gritando como se fosse um entregador mesmo, porém ficou surpresa com a mochila dele igual a dos motoboys.

“Ele fez esse desenho, colocou na mochila, simulando a bolsa de um motoboy. Chegou com o maior sorriso no rosto, todo orgulhoso”, relatou a irmã. “Eu gosto de falar igual o entregador na casa da minha irmã porque eu finjo que sou motoboy. Gosto do trabalho deles”, contou Vitor.

A família não esperava essa repercussão do caso. “O Vitor está amando toda essa história. Fiquei muito feliz com os comentários de carinho, pois ele estava apenas brincando enquanto muitas crianças da idade dele já estão trabalhando de verdade aí pelo Brasil a fora sem direito de brincar e estudar, isso é muito triste”.

O menino de apenas 11 anos já é um sonhador e pensa no futuro. Ao G1, ele contou que já pensa na profissão que quer ter. “Meu sonho mesmo é ser caminhoneiro, mas eu admiro muito a profissão de motoboy. Vai que um dia eu seja um”, contou. “O Vitor é um sonhador e a cada hora ele brinca de algo novo e tem uma criatividade incrível. Também se espelha muito no pai”, finalizou a mãe.

O sonho do menino é ser caminhoneiro
O sonho do menino é ser caminhoneiro (Foto: Reprodução/G1)