Menino vence astro do xadrez em campeonato e não conta para os colegas para não se exibir

Frederick Waldhausen Gordon possui apenas 10 anos e já se destaca no esporte. Isso porque, com uma pesada rotina de treinos e se inspirando nos melhores jogadores do mundo, o jovem escocês já é considerado o melhor jogador de até 18 anos do país

Resumo da Notícia

  • Frederick Waldhausen Gordon possui apenas 10 anos e já é um astro do xadrez na Escócia
  • O menino aprendeu a jogar com 6 anos - e, naquela época, já venceu os pais doutorados em matemática
  • Frederick já venceu importantes nomes do esporte, como Bogdan Lalic

Frederick Waldhausen Gordon é um menino escocês de 10 anos que já se destaca dos amigos – isso porque, mesmo tão jovem, o menino já é um dos grandes destaque do xadrez no país. Tendo aprendido o jogo com apenas 6 anos, Frederick contou em entrevista à BBC News que logo venceu os pais – doutorandos em matemática – e o próprio professor. Desde então, Frederick leva uma rotina diária de 2 horas de treino por dia, além de uma série de vídeos sobre jogadas e importantes nomes do esporte que assiste na internet.

-Publicidade-

E a dedicação está levando ao sucesso! O aluno da Escola George Heriot, em Edimburgo, já competiu com importantes nomes do Xadrez – e inclusive levou o título de melhor jogador escocês de até 18 anos, que roubou de Bogdan Lalic. Contudo, o menino declarou que a partida mais emocionante de sua breve porém promissora carreira foi contra o croata Lalic, de 57 anos:

Eu estava muito nervoso, mas achei que independentemente do que acontecesse, eu aprenderia com essa experiência. Então não coloquei muita pressão sobre mim mesmo”, afirmou. Por causa da seriedade e leveza com que encarou a competição, Frederick pôde, por fim, tirar vantagem do adversário: “Ele fez alguns movimentos que eu chamaria de inadequados e tirei vantagem disso. Suas pequenas imprecisões foram ficando maiores à medida que eu avançava”, comentou.

Frederick Gordon é escocês e, com apenas 10 anos, já venceu importantes nomes do xadrez (Foto: Reprodução/ BBC News/ Arquivo Pessoal)

Ainda em entrevista, Frederick narrou a felicidade de se destacara perante um oponente tão forte – e experiente. Para ele, o sucesso da partida esteve na concentração que colocou, em si mesmo e em Lilac. “Não posso ter distrações e preciso de silêncio total, então minha família esperou do lado de fora, no jardim, enquanto eu jogava com a porta fechada”, brincou. Contudo, depois da vitória, comemorou a beça! “Assim que terminava uma partida, eu pulava para cima e para baixo, porque não é agradável ficar esse tempo todo sentado em uma cadeira”.

Frederick deu a notícia aos pais, Iain, Maja e para a irmã, Josephine, gritando na janela. Mesmo com a festa em família e o feito louvável, o menino não quis divulgar para os colegas de classe a importante vitória no campeonato disputado online – por causa das regras de distanciamento da covid-19. “Pensei que estaria me exibindo”, declarou.

O pequeno enxadrista está escalado para disputar o Torneio Escocês Junior, que será realizado no dia 12 de junho. O evento é para jogadores de até 18 anos, e oferece prêmios de até 1o mil libras – algo em torno de 75 mil reais. Sobre a nova estrela do esporte, o jogador e dono da Academia de Xadrez de Endimburgo, Andrew Green, classificou o feito do menino como “notável”.

11º Seminário Internacional Pais&Filhos – A Sua Realidade

Está chegando! O 11º Seminário Internacional Pais&Filhos vai acontecer no dia 1 de junho, com oito horas seguidas de live, em formato completamente online e grátis. E tem mais: você pode participar dos sorteios e ganhar prêmios incríveis. Para se inscrever para os sorteios, ver a programação completa e assistir ao Seminário no dia, clique aqui!