Família

Michael Bublé se emociona ao falar sobre câncer do filho: “É algo muito dolorido”

Noah foi diagnosticado com a doença aos 3 anos de idade

Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

Cantor diz ter dificuldade de falar sobre o período em que o filho mais velho estava doente. (Foto: Reprodução/ Instagram)

Cantor diz ter dificuldade de falar sobre o período em que o filho mais velho estava doente. (Foto: Reprodução/ Instagram)

Em um difícil desabafo, o cantor Michael Bublé expressa a dor de ter visto seu filho enfrentando o câncer logo cedo. Casado com a atriz e cantora, Luisana Lopilato, eles são pais de três crianças, sendo Noah, o mais velho, o que lutou contra a doença.

Noah foi diagnosticado com câncer no fígado em 2016, quando tinha apenas 3 anos de idade.

Foi uma época difícil para a família, que abriu mão de tudo para cuidar da criança, enquanto ela passava pelas sessões de quimioterapia e outros tratamentos.

Hoje, Noah está com 5 anos de idade. Segundo seus pais, ele está bem de novo.

Michael ainda possui muita dificuldade de falar do ocorrido. “Não é minha história para contar, é a história do meu menino e um dia, quando ele estiver pronto, ele dirá”, afirma o cantor.

O casal é muito contido ao falar do assunto, porque segundo o casal, reviver este período é uma grande dor. Mas o cantor diz estar fazendo seu melhor, na esperança de que um dia possa ser útil para outras pessoas.

A filha mais nova do casal nasceu em julho deste ano, batizada de Vida. O outro filho é Elias que está prestes a completar três anos de idade.

O triste momento pelo qual a família passou trouxe uma nova perspectiva de vida, em que Michael afirma que agora ele quer apenas curtir seus filhos e sua vida, aproveitando cada segundo ao lado deles.

Michael Bublé quer aproveitar os momentos com seus filhos. (Foto: Reprodução/ Instagram)

Michael Bublé quer aproveitar os momentos com seus filhos. (Foto: Reprodução/ Instagram)

Leia também

Desabafo: “Sempre existe uma mãe julgando seu jeito de cuidar dos filhos” 

Ciência prova que não há nada de errado em ter filhos depois dos 35 

Conheça a rotina da ex-BBB Aline Gotschalg, mãe de Lucca