Família

Michael Phelps anuncia o nascimento de seu terceiro filho, Maverick

Michael Phelps divulgou em sua conta do Instagram o crescimento da família, o atleta postou uma foto desejando boas vindas para o recém-nascido

Maria Luiza Cardone

Maria Luiza Cardone ,Filha de Carla e Luiz

Nasce o terceiro filho de Michael Phelps (Foto: Reprodução/Instagram)

Nesta quarta-feira (11), Michael Phelps divulgou em sua conta do Instagram o crescimento da família, o atleta postou uma foto com a família reunida e desejou boas vindas para o recém-nascido. Nasceu, Maverick, terceiro herdeiro do nadador.

Na imagem, a família toda, a esposa Nicole Phelps e os dois filhos mais velhos, Boomer e Beckett, sorria em alegria de receber o mais novo primogênito do casal.

“Família de 5! Bem vindo ao mundo, Maverick! Nascido no dia 9 de setembro de 2019. Mamãe e bebê estão saudáveis e os meninos estão animados para serem irmãos mais velhos! Casa cheia de garotos”, escreveu o atleta emocionado na legenda.

Os seguidores parabenizaram Michael e encheram os comentários com mensagens carinhosas. Um deles até brincou “Maverick é um nome tão olímpico“. 

Michael Phelps fala sobre paternidade

Michael Phelps é um dos maiores campeões olímpicos do mundo. Mas o que poucas pessoas sabem é que ele é um pai super dedicado e presente na vida dos filhos.

Pai de Boomer, de 3 anos, e de Beckett, de 1 ano, o nadador e a esposa, Nicole, conversaram com a Revista Parents e falaram sobre a expectativa de estarem esperando mais um filho!

Parabéns pelo terceiro bebê!
Michael: É muito louco pensar sobre isso. Nós estamos animados. Será uma jornada, mas nós já conseguimos lidar com dois, vamos nos superar.
Nicole: Houve um sentimento inicial de “Meu Deus, o que estamos fazendo?”. Eu engravidei de Beckett um mês depois de Boomer completar 1 ano e engravidei novamente antes mesmo de Beckett completar 1 ano.
Michael: Eles terão 21 e 19 meses de diferença.
Nicole: Mas nós dois sempre dissemos que queremos 3 filhos. Uma semana depois de chegar em casa do hospital com Beckett, eu fiquei “Ok, não quero mais”.

Como foi a transição quando Beckett nasceu?
Nicole: Beckett não dormia e queria cuidados 24 horas e 7 dias na semana. Eu tentei vários métodos de sono, estava enlouquecendo! Eu improvisei várias vezes para que eu pudesse funcionar e trabalhar no dia seguinte.
Michael: É como se fosse um feitiço, mas eu não consigo acordar. A casa pode pegar fogo, mas eu não acordo.
Nicole: Michael levava Boomer para um passeio de manhã e me deixava com Beckett. Então, do nada, entre os 9 e os 10 meses, Beckett falou “Ok, eu vou dormir a noite toda agora”.

Como é ver os meninos interagirem?
Nicole: Eles dividem um quarto. Foram cerca de 2 semanas em que foi difícil, nossas mães disseram que nós éramos loucos, mas funcionou. Às 6 da manhã, Boomer grita para Beckett acordar, então eles conversam antes mesmo de nós irmos acordá-los às 7 horas.

Vocês sentem diferença na criação entre Boomer e Beckett?
Michael: Estamos muito mais relaxados agora, apesar de Nicole ser mais descontraída do que eu, às vezes. Você aprende sobre o que cada grito significa e muito mais.
Nicole: Mesmo com o Boomer, nós usamos apenas uma babá eletrônica e isso nos ajuda a não estressar.
Michael: Mas quando saímos, conseguimos checar as câmeras por nossos telefones. É meio louco o quanto nós estamos grudados a eles.

Michael e Nicole disseram que estão muito animados para a chegada do 3º filho (Foto: Reprodução / Parents / Daymion Mardel)

Michael, como você equilibra trabalho e paternidade?
Michael: Eu não sei como seria possível se eu ainda estivesse competindo. Agora eu saio por uma semana ou duas, mas há momentos que eu fico em casa por 2 meses. Fui criado em uma casa monoparental e nunca tive uma figura paterna. Então ter a oportunidade de sentar para jantar com a minha família ou levar Boomer para a escola, me deixa muito feliz.

Você espera que seus filhos se tornem nadadores?
Michael: Se meus filhos quiserem nadar, ótimo. Se eles não quiserem, ótimo também. Mas ser quem eu sou é um desafio.
Nicole: Nós só queremos que nossos filhos estejam seguros na água. Temos uma cerca em volta da nossa piscina e alguém supervisionando eles o tempo todo.
Michael: Nós os incentivamos desde cedo, é uma prioridade. Boomer está na piscina quase todos os dias.

O que mantém a saúde mental de vocês?
Nicole: Eu tenho que lembrar de cuidar de mim. Sempre há culpa, não importa o que você faça – lavar roupa, limpar a pia, guardar as coisas das crianças -, mas se tem uma coisa que eu aprendi é que essas coisas podem ser feitas mais tarde, porém o momento de me tornar uma mãe e uma esposa saudável é agora.
Michael: Eu preciso me exercitar. Se eu estiver de mau humor e for nadar, fico 99,9% melhor. Faz parte do meu DNA, sempre será assim.

“Ter a oportunidade de ficar com a minha família me deixa feliz” (Foto: Reprodução / Instagram @m_phelps00)

Como as crianças afetaram seu casamento?
Nicole: Às vezes é difícil. Mas em todos os anos que estivemos juntos, nossa comunicação é melhor agora e eu acho que é por causa das crianças.
Michael: Na natação, eu sou um dos melhores do mundo, mas quando se trata de cuidar dos filhos, eu não tenho todas as respostas. É sobre Nicole e eu trabalharmos juntos e estarmos constantemente aprendendo. Somos muito bons em expressar nossas opiniões quando estamos estressados e precisamos de alguém para desabafar.
Nicole: Com o enjoo matinal, eu não sou capaz de fazer muita coisa, e o Michael tem sido incrível em cozinhar, limpar e me ajudar.
Michael: O que temos é muito especial. Aprecio tudo de forma diferente do que antes. Me sinto muito sortudo.

De que maneira ser pai ou mãe mudou vocês?
Michael: Eu estou aprendendo a ter paciência e manter a calma. Nicole ensinou Boomer a respirar fundo quando ele fica frustrado. Houve momentos em que eu estive frustrado e ele disse para mim “Papai, respire!”. Mas antes de Boomer nascer, alguém me disse que eu só entenderia o amor verdadeiro quando meu primeiro filho nascesse. Agora eu entendo cem por cento.

Fique por dentro do conteúdo do YouTube da Pais&Filhos:

Leia também:

Michael Phelps mostra que é rápido de verdade e vai ter o terceiro filho em menos de 4 anos

Pequeno fenômeno! Filho de Michael Phelps está seguindo os passos do pai

Torcedor do pai, filho de Phelps rouba a cena na Rio 2016